sexta-feira, 1 de dezembro de 2023

Veja fotos e vídeo da reconstituição do Caso Brunno

As atividades tiveram início na madrugada desta quarta-feira (19) e vão servir para entender como aconteceu o crime. 

A reconstituição do crime que vitimou o advogado Brunno Eduardo Matos Soares, de 29 anos, teve início na madrugada desta quarta-feira (19), na Rua dos Magistrados, Olho d’Água, local onde uma confusão por conta de som alto terminou em morte e duas pessoas esfaqueadas, no dia 6 de outubro deste ano.

 

As primeiras ações começaram por volta das 3h da madrugada, horário que Carlos Humberto Marão Filho, de 38 anos, teria pedido pela primeira vez para abaixarem o som da festa, pois sua residência fica ao lado do local onde acontecia a comemoração da vitória de Roberto Rocha (PSB) para o Senado Federal.

 

Além de Carlos Marão, outros suspeitos de envolvimento no crime participaram da reconstituição: o vigia João José Gomes e Diego Polary, sobrinho de Marão. Além deles, as vítimas também foram para a reconstituição: Alexandre Matos Soares e Kelvin Kim Shiyangue, e Wesley, uma testemunha que escapou das agressões por ter caído em um buraco.

 

Os delegados da Delegacia de Homicídios e 7° Distrito Policial, assim como técnicos do Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim) foram para acompanhar a reconstituição.

 

O primeiro a contar a sua versão foi o vigia João José. As informações colhidas no local vão ser encaminhadas para o processo investigatório.

– Publicidade –

Outros destaques