quinta-feira, 9 de fevereiro de 2023

Vigilante grava o próprio atentado de morte

Uma tentativa de homicídio foi registrada pela própria vítima. O caso aconteceu na cidade de Santa Inês, distante cerca de 250 km da capital maranhense.

 

De acordo com informações, dois vigilantes estavam tendo problemas entre eles e a vítima, identificada como Felipe, começou a deixar o gravador de áudio do celular ligado por conta dos atritos que estava tendo com um colega de trabalho.

 

Os problemas eram com Elenilson Oliveira Meireles, que durante uma discussão sacou a arma e disparou várias vezes contra Felipe.

 

Em determinado momento da gravação, já baleado, Felipe implora pela vida pedindo para que Elenilson não o mate. “Por favor não me mate. Eu tenho família”, implorava Felipe.

 

Ainda durante a gravação, Elenilson ordenava Felipe a dizer: “Pede perdão e que nunca mais vai fazer isso”.

 

Elenilson Meireles já se encontra preso e Felipe, que levou três tiros, foi socorrido e encaminhado para um hospital, onde está fora de perigo.

– Publicidade –

Outros destaques