sexta-feira, 3 julho, 2020
Início Assista Agora Vigilantes da UEMA entrarão em greve a partir de sexta-feira

Vigilantes da UEMA entrarão em greve a partir de sexta-feira

Os vigilantes que trabalham na Universidade Estadual do Maranhão definiram na última terça-feira (10) que entrarão em greve a partir desta sexta-feira (13), caso não aconteça o pagamento de direitos trabalhistas por parte da empresa terceirizada responsável pela contratação dos trabalhadores. Os vigilantes relatam que os salários estão há dois meses atrasados, sem ticket alimentação e continuam aguardando negociação.

Quem estuda na Universidade Estadual do Maranhão relata que os casos de assaltos vêm aumentando o clima de insegurança. O Luís é um dos alunos que não se sente seguro na instituição. Confira na reportagem da TV Guará.

Segundo o diretor do Sindicato dos Vigilantes, a situação é recorrente.

“É uma prática já recorrente nesse contrato da UEMA com essa mesma empresa, que a gente não sabe como é que uma empresa que não tem condição de manter um contrato, de arcar com o compromisso, ela continua com um contrato como esse. Como que o Estado e o prefeito da UEMA ainda mantém uma empresa dessa no contrato”, diz Washington Barbosa, diretor do SINDVIG.

A TV Guará tentou contato com a Empresa Potencial, responsável pelo pagamento dos vigilantes, mas não obteve respostas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -