terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Vulnerabilidade compromete futuro de jovens no Coroadinho

A 2ª Unidade de Segurança Comunitária do Coroadinho (USC) reuniu na manhã 20 lideranças de comunidades de responsabilidade da área nessa terça-feira (9), no auditório da unidade, em São Luís. A população que recebe a segurança de policiais na região está estimada em 100 mil pessoas.

 

Com ajuda da comunidade, a reunião teve como principal objetivo identificar os pontos mais críticos da violência no bairro, para que o policiamento metropolitano possa atuar com mais objetividade. 

 

Entre os diversos problemas relatados pelos moradores está a vulnerabilidade de jovens e até mesmo crianças. Como uma forma de amenizar essa situação, a unidade de segurança em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) deve, nos próximos meses, oferecer aos jovens da comunidade cursos de informática na área de montagem e manutenção de micros e também outras atividades relacionadas ao tema mercado de trabalho.

 

Para o capitão Joselito Mendes Costa, comandante da USC, essa é uma das maneiras de ajudar a população, através da educação, e tentar mudar sua realidade vulnerável, mantendo um contato mais próximo entre Polícia Militar e comunidade.

 

(Foto: Divulgação/SSP)

– Publicidade –

Outros destaques