sexta-feira, 19 de julho de 2024

APAE de São Luís comemora aniversário de 52 anos neste mês

O casal Antônia Zeile (Antoninha) e Prof. Expedito Alves de Melo teve cinco filhos, sendo dois deles vítimas de uma febre muito alta na primeira infância, provocando sequelas de deficiência intelectual. Foi então que o casal deixou a cidade de Grajaú (MA) e veio para São Luís com toda a família, em busca de melhores oportunidades de cuidados e desenvolvimento para os filhos Raimundo Alberto e Joaquim Felipe. Esses pais amorosos e lutadores foram incansáveis na guerra contra o preconceito, e junto a outros pais de crianças com deficiências intelectual e/ou múltipla fundaram a APAE de São Luís em 10 de março de 1971. Com um trabalho incansável em prol da inclusão e do respeito às pessoas com deficiência, o casal deixou um legado de transformação na vida de centenas de pessoas com deficiência – crianças, jovens e adultos – e seus familiares.

Essa história de amor, luta e abnegação foi relembrada na celebração ecumênica que marcou o aniversário de 52 anos da APAE de São Luís na sede da entidade no Outeiro da Cruz. A solenidade contou com a presença da Diretoria, colaboradores e voluntários, professores da CAE Eney Santana, alunos e seus familiares, além de demais assistidos. A parte religiosa ficou a cargo do Padre César e da Pastora Nájala Borges, que abençoaram a todos que participam dessa missão de construir caminhos e transformar vidas. A entidade tem como os três eixos de ação a Educação, a Saúde e a Assistência Social prestada às pessoas com deficiência e seus familiares, além de outros serviços de saúde voltados para a comunidade.

“A prioridade da APAE de São Luís sempre foi, e sempre será, a luta por melhores oportunidades de inclusão e a defesa de direitos e garantias da pessoa com deficiência intelectual e/ou múltipla. E para dar suporte a tudo isso, nosso esforço é para garantir a sustentabilidade da instituição; para que possamos atuar com excelência em todos os eixos. Eu destaco ainda, os esforços em prol da perfeita escolarização de nossos alunos, o que vai lhes garantir a inserção na sociedade e um futuro mais feliz e produtivo. E cumprimos com louvor essa missão. E temos números de sucesso, mais de cem pessoas com deficiência escolarizadas e que ocupam seu lugar no mercado de trabalho. Tudo isso é muito gratificante para nós que somos um time de APAExonados” declarou a gestora da entidade Christiane Diniz.

“Esse projeto é uma benção de Deus para todos os assistidos. A APAE de São Luís é sinônimo de paz, esperança e amor para as pessoas com deficiência e todos os demais envolvidos nessa nobre causa” ressaltou o Padre César.

O Conselheiro e Ex-Presidente Sebastião Vanderlaan de Almeida Rolim e a Presidente Arionildes Silva e Silva em suas respectivas mensagens, lembraram dos desafios de seguir crescendo e ofertando diversos serviços nas áreas de Assistência Social, Saúde, Educação (Escolarização, Educação e Qualificação Profissional e Inclusão no Mercado de Trabalho), Reabilitação e Cultura, agradecendo a todos os que apoiam, direta ou indiretamente esse trabalho.

“Buscamos sempre melhorar o atendimento interno aos alunos, assim como os serviços externos prestados à comunidade. É um trabalho desafiador, mas acima de tudo, uma missão de amor” lembrou Sebastião Vanderlaan Rolim.

“Vamos construir juntos, colaboradores, voluntários e família, o futuro da APAE de São Luís. Todos somos abnegados defensores da causa APAEANA” reforçou a Presidente da entidade Arionildes Silva e Silva.

Ela agradeceu a dedicação não apenas dos voluntários e diretoria; mas de toda a equipe de colaboradores; um time chamado de “APAExonado”. Graças a esse trabalho de todo o time, a APAE de São Luís é hoje referência nacional em excelência de gestão e atendimento.

– Publicidade –

Outros destaques