domingo, 25 de fevereiro de 2024

9 pessoas são presas por crimes de homicídio, furto, roubo e estupro

Entre os dias 18 e 21 de dezembro, nove pessoas já foram presas e um adolescente apreendido, na cidade de Santa Inês, em ações realizadas na esfera da Operação Paz. Com reforço de 16 policiais civis, as equipes cumpriram mandados de prisão preventiva e definitiva, e de busca e apreensão em endereços situados no município alvo. As prisões estão relacionadas aos crimes de homicídio, furto, roubo e estupro.

A Operação Paz é uma inciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP)/Secretaria Nacional de Segurança Pública/SENASP e conta com as forças policiais de 12 unidades da federação envolvidas. No Maranhão as ações da Polícia Civil são coordenadas pela Delegacia Geral de Polícia Civil. O objetivo da operação é combater e prevenir as Mortes Violentas Intencionais e delitos associados, agindo sobre os fatores que mais fomentam tais crimes, como o tráfico de drogas e a formação de organizações criminosas.

Os mandados cumpridos nos últimos quatro dias são resultado de investigações em curso e de informações de inteligência da Polícia Civil coletadas ao longo das semanas que antecederam fase final da Operação Paz que encerra no próximo dia 31 de dezembro.

“O trabalho impacta profundamente na atividade investigativa no município, uma vez que os índices de homicídios e outros delitos estão em tendência de queda, visto que os quatro meses da operação, nas modalidades investigação-inteligência e cumprimentos de mandados, relutaram em dezenas de prisão no município, reforçando o fator prevenção”, destacou o delegado-geral operacional da PC-MA, Lúcio Reis.

Além do Maranhão, a Operação Paz conta com ações no Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Bahia, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima e Tocantins

– Publicidade –

Outros destaques