quarta-feira, 19 de junho de 2024

Acusado de homicídio é condenado a 11 anos de prisão em Santa Inês

Foi julgado nesta terça-feira, dia 28, em Santa Inês, Reginaldo da Conceição Resende, acusado de prática de crime de homicídio que vitimou Ilson da Silva dos Santos. Ao final da sessão, o conselho de sentença decidiu pela condenação de Reginaldo, que recebeu a pena de 11 anos e três meses de reclusão, a ser cumprida, inicialmente, em regime fechado. A sessão do Tribunal do Júri, promovida pela 4ª Vara, foi presidida pelo juiz Raphael Leite Guedes, titular da unidade judicial. 

Sobre caso, versou a denúncia que, em 17 de outubro de 2022, no bairro Canecão, Reginaldo teria ceifado a vida de Ilson, utilizando, para tanto, um facão. Foi apurado em inquérito policial que o crime teria ocorrido em razão de o denunciado ter agredido a sua ex-companheira, fato que teria causado revolta por parte de Ilson. Ato contínuo, ele saiu em defesa da mulher, sendo atingido por golpes de facão. A vítima estava vindo de uma festa na companhia de O. S. S., ex-companheira do denunciado.

Ao perceber a chegada da ex-mulher com outro homem, o denunciado teria se enfurecido, avançando na direção dela, puxando-lhe os cabelos e desferindo-lhe tapas no rosto. Na sequência, denunciado e vítima discutiram entre si. Após breve confusão, o denunciado armou-se com um facão e desferiu um golpe no peito da vítima, causando-lhe uma lesão fatal.

A sessão de julgamento foi realizada no Salão do Júri do Fórum de Santa Inês. Esta foi a quarta sessão do ano realizada na unidade judicial. A próxima está marcada para ocorrer no dia 11 de junho.

– Publicidade –

Outros destaques