quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

Asaltantes são presos com mais de 30 mil em Caxias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a prisão de dois assaltantes de banco nesta semana, em Caxias. Eles foram encaminhados nessa quarta à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), em São Luís.

 

No momento da abordagem, Dênis da Silva Correa, de 32 anos, e José Magno Pereira dos Santos, da mesma idade, estavam em um veículo gol de cor prata. No carro, os policiais apreenderam uma carga de cigarro da empresa Souza Cruz, avaliada em R$ 31 mil, e uma pistola 380. Dois comparsas conseguiram empreender fuga.

 

De acordo com informações repassadas pelo delegado Tiago Pardal, chefe do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DCRIF), a quadrilha roubou a carga da Souza Cruz, na última segunda-feira (8), no município de Miranda do Norte. O bando abandonou o caminhão da empresa no município e seguiu no Gol rumo a Teresina, onde pretendiam vender a mercadoria. Mas, foram frustrados pelos policiais rodoviários federais, em Caxias.

 

Durante depoimento na Seic, os assaltantes confessaram que foram os responsáveis pela explosão dos caixas eletrônicos do Banco do Brasil da cidade de Santo Antônio dos Lopes, no dia 2 de Julho deste ano, e do Bradesco do município de Joselândia, no dia 8 de Março, também neste ano.

 

Contra Dênis da Silva Correa e José Magno Pereira dos Santos havia um mandado de prisão pela explosão ao caixa eletrônico da cidade de Santo Antônio dos Lopes. Eles foram autuados em flagrante delito pelo roubo a carga da empresa de cigarro. A dupla já havia sido condenada pelo crime de roubo e estava foragida.

 

Dênis e José Magno foram encaminhados ao Centro de Triagem, em Pedrinhas, onde vão permanecer à disposição da justiça.  Os outros integrantes da quadrilha já foram identificados pela Seic. 

 

(Foto: Reprodução/Internet)

– Publicidade –

Outros destaques