domingo, 23 de junho de 2024

Gabinete de Segurança Institucional das Eleições é instalado em Imperatriz

Em 2014, pela primeira vez, funcionarão dois Gabinetes de Segurança Institucional das Eleições: um em São Luís, que está instalado na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, e outro em Imperatriz, que foi instalado na manhã desta quarta-feira, 24 de setembro, pelo desembargador eleitoral José Eulálio Figueiredo (ouvidor).

“A Justiça Eleitoral não quer que nenhum eleitor seja preso nem que nenhum incidente seja registrado durante o processo eleitoral, porém não podemos deixar de prevenir e estar preparados para agir”, observou o magistrado.

O Gabinete de Segurança Institucional das Eleições foi criado em 2012 com o objetivo de funcionar como centro de controle, orientação e decisão para subsidiar as ações necessárias ao bom andamento do pleito. Compõem o GSI membros do TRE-MA, da Procuradoria Regional Eleitoral, do Exército, das polícias militar, civil, federal, rodoviária federal e do corpo de bombeiros.

“Vinte e oito municípios estão sob jurisdição do Gabinete de Segurança de Imperatriz, sendo que 3 deles vão contar com força federal, tendo em vista autorização do Tribunal Superior Eleitoral”, informou o desembargador eleitoral.

Para o juiz Delvan Tavares, diretor do Fórum Eleitoral de Imperatriz, a instalação do Gabinete no município facilita a logística de deslocamento e ainda permite melhor comunicação entre os juízes e as autoridades em segurança pública.

As atividades do GSI do Sul do Maranhão ficarão centralizadas no Fórum Eleitoral do município.

Requerimento

Durante a reunião, o juiz eleitoral Márlon Reis (58ª zona) apresentou requerimento para que haja reforço policial nos povoados de Jenipapo e Olho D’Água, ambos do município de Senador La Roque, recém-desmembrados de Buritirana. O pedido deve-se a rumores sobre possível queima de urna eletrônica.

 

Divulgação TRE

– Publicidade –

Outros destaques