terça-feira, 16 de abril de 2024

Bancários entram em greve no dia 30 de setembro

Em assembleia realizada, nesta quinta-feira (25), na sede do SEEB-MA, em São Luís, os bancários maranhenses decidiram, por unanimidade, entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (30). A paralisação é nacional e atingirá bancos públicos e privados.

De acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA), a greve é uma resposta à intransigência dos banqueiros e do Governo Federal (patrão dos bancos públicos), que ignoraram todas as reivindicações dos bancários e ofereceram apenas 7% de reajuste na última rodada de negociação ocorrida no dia 19 de setembro.

O índice é considerado rebaixado e insatisfatório diante dos lucros dos bancos e dos baixos salários pagos à categoria. Para se ter uma ideia, apenas no primeiro semestre deste ano, as principais instituições financeiras que atuam no Brasil lucraram, juntas, 28,5 bilhões de reais.

Neste ano, apesar do crescimento dos lucros, a maioria dos bancos vetou a valorização do piso salarial da categoria, negando, ainda, avanços conquistados em Campanhas Salariais anteriores, como a PLR Social.

Diante deste cenário positivo, os bancários exigem uma proposta decente com reajuste de 35%, PLR de 25% do lucro líquido linear, reposição das perdas salariais, isonomia, contratação de mais bancários, saúde, segurança, respeito à Lei das Filas, dentre outras reivindicações.

O SEEB-MA convoca toda a categoria para participar da greve, fortalecendo os piquetes nas agências. Só uma grande mobilização será capaz de pressionar a classe patronal a atender as reivindicações dos bancários, que visam, também, benefícios para os clientes.

 

Assembleia de organização
Na segunda-feira (29), às 17h, será realizada uma assembleia de organização, na sede do Sindicato, com objetivo de preparar os últimos detalhes da greve, que atingirá bancos públicos e privados em todo o Maranhão.

 

Sindicatos de todo o país decidem pela greve, confira:

Espírito Santo – Bancários aprovam greve a partir do dia 30
São Paulo – Bancários em greve a partir de 30 de setembro
Rio de Janeiro – Assembleia rejeita, por unanimidade, proposta dos bancos e aprova greve
Brasília – Por proposta decente, bancários aprovam greve a partir do dia 30
Pará – Greve nacional da categoria bancária começa dia 30
Bahia – Bancários da Bahia decidem por greve

– Publicidade –

Outros destaques