terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Bandidos fazem arrastão em lojas no Maiobão

População de São Luís convive com a insegurança, luz do dia já não impede mais ação dos criminosos. Índices de violência apenas crescem na capital.

 

 

O clima de insegurança que atinge a região metropolitana pode ser medido pelos índices de homicídios que apenas crescem a cada mês , mas principalmente pela ousadias dos criminosos que já não escolhem horário e local para assaltar, a luz do dia já não é mais garantia de segurança para os comerciantes e muito menos para a população.

Prova disso está nos constantes assaltos a farmácias, encontrar uma que ainda não foi vítima de criminosos é uma tarefa difícil, em São Luís não existe uma que funcione 24h. Caixas eletrônicos, pela vulnerabilidade, é outro alvo dos criminosos, o que inclusive gerou paralisações dos bancários que exigem mais segurança no trabalho. Nos seis primeiros meses deste ano, 38 crimes relacionados às instituições financeiras foram registrados, enquanto que no mesmo período do ano passado o número chegou a 33, de acordo com dados obtidos com base em levantamento divulgado no dia 20 julho deste ano pelo Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB).

 Mesma situação vivem os rodoviários que a cada greve a insegurança nos coletivos faz parte da pauta de reivindicação. Em 2013 foram contabilizados 550 assaltos a ônibus, segundo levantamento do Ministério Público com base em dados encaminhados pelo Sindicato das Empresas de Transporte (SET). Neste ano já foram mais 400.

O descrédito dos bandidos com os órgãos de segurança do estado mais uma vez ficou evidente nesta quinta-feira (21), quando nove bandidos realizaram diversos assaltos a estabelecimentos comerciais na região do Maiobão. Um desses estabelecimento foi uma concessionária de veículos. Fortemente armado o bando entrou dentro da loja, rendeu funcionários e clientes, os bandidos levaram apenas objetos pessoais porque o dinheiro da concessionária foi recolhido momentos antes da ação. Felizmente ninguém ficou ferido, mas a violência dos bandidos causou pânico nas pessoas. A Polícia foi acionada, mas ninguém foi preso até o momento. E esse caso não é isolado, na Av. dos Holandeses outras concessionários já foram assaltadas, mas os empresário preferem não divulgar.

Somente em agosto deste ano mais de 50 homicídios foram registrados na região metropolitana de São Luís, nesta semana, até o fechamento desta matéria, já tinham sido contabilizados pelo IML 10 mortes violentas. Nos primeiros seis meses houve um crescimento de 18% nos casos de violência, em relação ao mesmo período do ano passado, com uma média mensal de 71,6 homicídios, caso essa média seja mantida, o ano de 2014 promete encerrar com mais de 850 homicídios na região metropolitana.    

A saída para o comércio tem sido investir em equipamentos de segurança, como alarmes, grades e câmeras de vídeo monitoramento, mas nada parece inibir a audácia dos criminosos,  muito menos a Polícia, prejudicada por um efetivo abaixo do mínimo necessário, além de um sistema carcerário ultrapassado e uma justiça lenta e burocrata.

– Publicidade –

Outros destaques