sábado, 9 de dezembro de 2023

Câmara Municipal de São Luís recebe representantes da APAE de São Luís e do CAEE Eney Santana

APAE de São Luís está promovendo de 25 a 29 de setembro a Semana da Inclusão Social da Pessoa com Deficiência 2023 com uma ampla programação de atividades. Este ano com o tema central é “Acessibilidade Digital também é Inclusão”.

E nessa quarta–feira (27) às 10h como parte dessa programação, acontece um Ato de Conscientização que tem como palco a plenária da Câmara Municipal de São Luís. Cerca de 40 alunos do CAEE Eney Santana, escola assistida pela APAE de São Luís, terão destaque na plenária, opara fazerem uma sensibilização sobre o tema “A Importância das Políticas Públicas & Implantação de Recursos Tecnológicos nas Escolas para a Inclusão Social das Pessoas com Deficiência”.

Os alunos com deficiência serão representados nesse Ato de Conscientização pela Coord. do Centro de Atendimento Educacional Especializado / CAEE Eney Santana Elizeth Sarges e por Werbeth Christian, Auto defensor da APAE e Pessoa com Deficiência; que irão dar seus depoimentos sobre essa questão de suma importância.

PORQUE ESSE TEMA É IMPORTANTE E URGENTE

A acessibilidade digital na busca contínua por igualdade e inclusão em nossa sociedade é uma luta que precisa crescer para mudar uma realidade de exclusão.

A acessibilidade digital implica na remoção de barreiras que dificultam ou impedem que pessoas com deficiência tenham acesso a conteúdos e serviços online, promovendo assim a igualdade de oportunidades e a participação ativa na era digital.

Dados estatísticos demonstram que a acessibilidade digital é mais do que uma necessidade; é um direito humano fundamental que deve ser garantido a todos. No Brasil, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE de 2010, cerca de 23,9% da população – o equivalente a aproximadamente 45 milhões de pessoas – apresenta pelo menos uma deficiência investigada.

A implementação da acessibilidade digital democratiza o acesso à informação, serviços governamentais e oportunidades econômicas para todas as pessoas, independentemente de suas capacidades físicas, cognitivas, sensoriais ou sociais. Isso é especialmente relevante em um cenário onde a Internet se tornou uma parte integrante da vida cotidiana, permitindo que as pessoas estudem, trabalhem, façam compras, paguem contas e compartilhem conhecimento sem a necessidade de deslocamento.

No entanto, apesar de ser um direito garantido por lei no Brasil, muitos sites ainda não estão em conformidade com os padrões de acessibilidade digital. De acordo com um estudo realizado em parceria com o Movimento Web para Todos, menos de 1% dos sites brasileiros foram considerados acessíveis, com a grande maioria apresentando falhas de acessibilidade. Esses números alarmantes destacam a necessidade urgente de promover mudanças e melhorar a acessibilidade digital em nosso país. E vale lembrar que, a acessibilidade digital não beneficia apenas as pessoas com deficiência, mas também a sociedade como um todo. Além de criar um ambiente democrático e justo, ela oferece vantagens econômicas significativas.

– Publicidade –

Outros destaques