sábado, 10 de dezembro de 2022

Carreta da Mulher já realizou 60 mil atendimentos no Maranhão

Atendimentos de saúde, informação sobre direitos e prevenção à violência são o foco das ações da Carreta da Mulher, iniciativa do Governo do Estado, coordenada pela Secretaria de Estado da Mulher (Semu). Nesta etapa, o serviço itinerante irá percorrer oito cidades, incluindo a capital. A atuação da carreta tem um amplo alcance do público alvo. De janeiro a setembro deste ano, já foram cerca de 60 mil atendimentos ofertados a mais de 10 mil mulheres maranhenses em mais de 30 municípios. As atividades desta etapa prosseguem até o dia 27 deste mês, sempre das 8h às 16h. “Neste mês, batizado como Outubro Rosa, todas as mulheres buscam, de alguma forma, informações de prevenção ao câncer de mama. E o Governo do Estado, preocupado com esta demanda, oferta atendimento com a Carreta da Mulher, para esta orientação, para que a mulher possa preservar sua saúde”, pontuou a titular da Semu, Célia Salazar.

A gestora destacou o alcance da ação estadual. “O principal objetivo deste trabalho é atender as mulheres na saúde, mostrando que precisam sempre estar atentas aos cuidados consigo e, também, conscientizar e informar sobre prevenção da saúde e de atos de violência. É um trabalho muito eficaz do Governo do Estado, que a Semu faz chegar a todo o Maranhão e que confere qualidade. Observamos que a Carreta da Mulher tem sido muito bem recebida por onde passa. Isso nos alegra, pois, temos tido a adesão das mulheres e é para elas essa inciativa”, frisou Célia Salazar.

A Carreta da Mulher presta atenção especial às mulheres mais vulneráveis, que estão na zona rural, e que, por vezes, deixam de priorizar a saúde, por conta da rotina de atividades.

Nesta etapa, as cidades que serão contempladas pelos serviços da Carreta da Mulher são Turiaçu, Nova Olinda do Maranhão, Caxias, São Roberto, Barra do Corda, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e São Luís. A expectativa é que, durante a ação, sejam atendidas mais de 300 mulheres por dia.

Serão ofertados consultas e exames em mamografia, preventivos, testes rápidos de glicemia e aferição de pressão. Além destes, ações de combate à violência contra a mulher, por meio de palestras e debates.

– Publicidade –

Outros destaques