terça-feira, 21 de maio de 2024

Caso Brunno: polícia prende vigia no bairro Janaína, em SL

João José Nascimento Gomes, acusado de assassinar o assessor jurídico Brunno Matos e atentar ainda contra a vida do irmão, Alexandre Matos Soares e do amigo Kelvin Kim Shiyangue, foi preso, preventivamente, na tarde desta terça-feira (21), no bairro Janaína, em São Luís. A ação foi realizada em cumprimento ao mandado de prisão em desfavor do homem que fazia segurança no bairro do Olho d’Água, onde ocorreu o crime.

 

Leia mais sobre o caso:

 

Deputados vão ouvir família de vigilante;

Ex-advogado nega coação de vigia em confissão;

“Sou incapaz de cometer uma barbaridade dessa”, diz vigilante;

SSP cria comissão para apurar morte de advogado;

Vigia teria sido coagido a assumir morte de Brunno;

 

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-MA) informou ao Portal TV Guará que o vigia não reagiu a prisão feita pela equipe de captura, coordenada pelo delegado Márcio Dominici, também responsável pelo inquérito, e foi encaminhado ao 7° Distrito de Policia Civil da Capital. 

– Publicidade –

Outros destaques