sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Cinco candidatos a deputado federal no Maranhão com pendências na Justiça Eleitoral, um sexto faleceu

Quarenta e dois candidatos de deputado federal estão em pendência com a justiça eleitoral, no Maranhão. O prazo para julgamento das candidaturas pelo Tribunal Regional Eleitoral se esgotou na segunda-feira (12).

Foi também o ultimo dia para pedido de substituição de candidatos, exceto em caso de falecimento, que pode ser efetivado após essa data. Tivemos um caso de falecimento, o candidato a deputado federal Ilson Baiano, do Solidariedade.

Das 367 candidaturas, oito foram indeferidas. Treze foram indeferidas com recurso, destacando-se entre elas a de Magrado Barros (União Brasil),  ex prefeito de Viana e de Núbia Dutra (Cidadania), esposa do ex prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra.

Duas candidaturas foram deferidas com recurso, entre elas do Presidente do Sampaio Correa, Sérgio frota (Podemos). E seis candidaturas ainda aguardam julgamento (pra hoje, 14, ainda). A que chama a atenção é a candidatura à reeleição de Junior Lourenço (PL), que corre o risco de ter a candidatura indeferida por problemas na justiça.

Júnior Lourenço teve a candidatura indeferida pela Procuradoria Regional Eleitoral por conta de contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), quando foi prefeito de Miranda do Norte.

O parlamentar do PL conseguiu uma liminar favorável do TCU, porém o Ministério Público Eleitoral entende que a impugnação oferecida deu-se em consonância com o mérito da decisão tomada pelo Tribunal de Contas da União. E reafirmou o pedido de impugnação da candidatura de Lourenço.

Doze candidatos renunciaram às candidaturas, entre eles Fred Campos (PP), segundo colocado na disputa pela Prefeitura de Paço do Lumiar. Fred Campos foi considerado culpado em ação por Abuso de Poder Econômico e estava com a situação de elegibilidade complicada.

– Publicidade –

Outros destaques