quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

Comando da Área Metropolitana 2 efetua prisões e apreensões de veículos e armas de fogo

O Comando de Policiamento de Área Metropolitana 2(CPAM 2) tem intensificado o policiamento nas áreas do 6º e do 13º Batalhão da Polícia Militar, que compreende os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa, além da Cidade Operária, em São Luís, e bairros adjacentes. Como resultado dessa ação, neste fim de semana foram recuperados dois veículos e uma motocicleta, além do registro de prisões nos bairros Jardim Tropical e Mojó, na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo o comandante do CPAM 2, Coronel Raimundo Nonato Sá, guarnições do 13º BPM conseguiram apreender, neste domingo (24), com base em informações repassadas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), dois automóveis, sendo um Fiesta sedan branco, de placas NXI-0551 e outro Gol vermelho, de placas NHR-6774, nas imediações dos bairros Tijupá Queimado e Upaon-Açu, no município de Paço do Lumiar.

Conforme explicou o coronel Sá, o veículo Fiestafoi roubado, na noite do último sábado (23), na Santa Efigênia. Já o Gol, foitomado de assalto, no bairro J. Lima. Os carros foram apresentados no Plantão Central do Cohatrac e da Cidade Operária e entregues aos proprietários.

Os militares do 6º BPM também conseguiram recuperar uma motocicleta Suziki YES 125 preta, de placas IOX-2317, na Alameda Campo, no Tropical I. A moto foi furtada no dia 19 deste mês, em frente à residência de Orlando Silva Aguiar, no bairro Paraíso das Rosas.

?É de extrema importância o registro das ocorrências, pois somente assim podemos combater o crime organizado. As estatísticas são instrumentos importantes para o planejamento das ações policiais, que vão canalizar operações nos locais com maior incidência criminal?, enfatizou o Comandante do CPAM 2.

Prisões

Na operação, policiais do 6º BPM, com o apoio da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), prenderam três pessoas, suspeitas de cometer assaltos, na Região Metropolitana de São Luís. No último sábado (23),uma guarnição da Rotam fazia rondas nas imediações da Cidade Olímpica, quando observou um veículo Gol prata trafegando em alta velocidade e em atitude suspeita. Segundo o Ciops, o carro teria as mesmas características de uma automóvel que estavam três elementos realizando assaltos na capital maranhense.

Os militares iniciaram uma perseguição e conseguiram interceptar o veículo na Avenida Paraíso, no Jardim Tropical. Na ocasião, os três suspeitos empreenderam fuga pelos muros das residências do local. Nesse momento, os policiais pediram o apoio, via rádio, das viaturas do 6º BPM, das Cidades Operária e Olímpica e do São Raimundo, no intuito de localizar e prender os criminosos.

Foi feito cerco policial, que terminou na prisão do trio de assaltantes. No interior do automóvel, foi encontrado um revólver calibre 32 com cinco munições, sete aparelhos celulares e um facão.

Os três foram levados para o Plantão Central da Cidade Operária, onde foram autuados pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Posteriormente aos procedimentos policiais, foram recambiados ao Centro de Triagem de Pedrinhas e ficarão à disposição da Justiça.

Já no bairro do Mojó, em Paço do Lumiar, uma equipe do 13º BPM prendeu Carlos Serra Martins, 46 anos, suspeito de tentar cometer um homicídio contra Paulo César Pereira, 44 anos.

O Ciops recebera denúncia da ocorrência de lesão corporal naquela região. Imediatamenteuma viatura foi acionada e deslocada para o local. Ao chegar à casa informada ao Ciops, os militares do 13º BPM foram informados de que Paulo Cesar teria sido alvejado com três tiros por Carlos Serra. No entanto, os disparos não acertaram a vítima.

Na ocasião, Carlos Serra desferiu várias coronhadas nos braços e costas de Paulo . Após o crime, bandido se evadiu do local. Mas retornou e foi abordado pelos policiais militares, que encontraram em poder dele um revólver de calibre 22 e uma pistola 380.

Paulo foi encaminhado para o Plantão Central do Cohatrac, onde foi autuado por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Logo após, prestar esclarecimentos ao delegado plantonista, foi recambiado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

?Uma das estratégias utilizadas pelo CPAM 2 para coibir as ações criminosas é o trabalho desenvolvido pelos Serviço de Inteligência (SI) do 6º, do 13º BPM e do próprio CPAM 2. O SI atua com base em informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) e denúncias formalmente entregues aos comandantes. Intensificamos o policiamento nas áreas com maior índices de criminalidades e estamos agindo de forma preventivas nas regiões onde o crime ainda não chegou? pontuou o Coronel Raimundo Nonato Sá.

– Publicidade –

Outros destaques