sexta-feira, 12 de abril de 2024

Comércio Varejista maranhense registra alta de 10% em 2023, o 2º maior crescimento do país

O Comércio Varejista maranhense encerrou 2023 com alta de 10%, o segundo maior crescimento entre as 27 unidades da federação, conforme informações da Pesquisa Nacional do Comércio (PMC), realizada pelo IBGE. Os números foram divulgados pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), nesta terça-feira (27), por meio da Nota de Comércio Varejista referente a dezembro do ano passado.

No segmento do comércio varejista ampliado, que engloba atividades como “material de construção”, “veículos, motos, partes e peças”, e “atacado especializado em produtos alimentícios, bebidas e fumo”, foi registrado recuo de 3,0% do volume de vendas no estado em dezembro frente a novembro, após três meses seguidos de alta. Apesar do resultado, o varejo ampliado maranhense encerra 2023 com crescimento de 11,8%.

O desempenho positivo do comércio varejista ampliado no Estado é corroborado pela alta de 11% no número de veículos emplacados em 2023. Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), somente em dezembro de 2023 foram 8.845 automóveis emplacados, representando uma variação de 12,7% em relação ao mesmo período de 2022. 

Cabe destacar que a queda da taxa Selic no segundo semestre do ano exerceu efeito positivo na aquisição de crédito para compra de veículos.

Ademais, de acordo com dados do Banco Central sobre as transações Pix, no Maranhão foram registradas 171,8 milhões de operações, um aumento de 100,6 milhões em relação ao ano anterior. O valor recebido por meio do Pix para pessoas jurídicas no estado foi de 82,3 bilhões, uma variação de 64,7% em comparação a 2022.

“As festividades carnavalescas no primeiro bimestre do ano devem impulsionar o turismo e aquecer os setores de comércio e serviços. Estima-se que o Carnaval 2024 no Maranhão tenha atingido um recorde de público ao receber 3 milhões de pessoas nos circuitos promovidos pelo governo estadual nos cinco dias de festa. Nesse sentido, espera-se que a movimentação econômica que ocorreu durante o evento supere os 172 milhões movimentados em 2023, em razão da ampliação dos esforços públicos na realização da festividade”, destacou o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho.

A Nota de Comércio Varejista, publicada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC), é uma nota técnica bimestral que fornece dados sobre a confiança do comércio, confiança do consumidor, endividamento e inadimplência das famílias, abertura de empresas, demanda por crédito, volume de transações Pix, entre outros indicadores econômicos relevantes. O material está disponível no site www.imesc.ma.gov.br

– Publicidade –

Outros destaques