quarta-feira, 12 de maio de 2021

Oposição de Zé Doca afirma que a secretaria foi reformada sem licitação

Oposição de Zé Doca afirma que a secretaria foi reformada sem licitação

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Segundo o professor Zé Costa (PT), um dos líderes da oposição em Zé Doca é contestável a versão da prefeitura de que o desabamento da Secretaria de Saúde pode ter ocorrido porque uma ação na Justiça impediu sua reforma.

Segundo o petista, houve, sim, uma reforma bancada pelo Município. Mas sem licitação, cujo edital, ainda de acordo com professor, só foi publicado 90 dias após a entrega da obra.

Veja o que disse Zé Costa sobre o caso:

“Ao contrário do que foi dito, aquela obra de reforma foi feita, concluída e inaugurada. 90 dias mais tarde eles publicaram edital de licitação para fazer a obra que já estava entregue a população, já tinham colhido os louros do trabalho realizado. O que nós fizemos a época foi denunciar a FALCATRUA do Sr. Josimar de Maranhãozinho, visto que em Zé Doca não tem prefeita, quem manda e desmanda é ele.

Neste caso, o Edital de licitação iria servir apenas para legalizar o que não podia mais ser legal, por que foi feita a obra sem licitação.O juiz, percebeu e acatou a nossa reclamação. Se pudesse ser imputado a culpa a alguém, seria à justiça que mandou retirar o Edital.”

O caso

O prédio da Secretaria Municipal de Saúde de Zé Doca desabou no último dia 28 e deixou um servidor gravemente ferido. A frente da secretária desabou e após o caso a prefeitura de Zé Doca disse que prestou e vai continuar prestando assistência à vítima. Acrescentou, ainda, que tentou realizar, em regime de urgência, uma reforma no local, barrada por uma ação judicial da oposição.

– Publicidade –

Outros destaques