sábado, 4 de fevereiro de 2023

Desempenho da Construção Civil apresentou uma melhora significativa no Maranhão

A sondagem da Construção do Maranhão, elaborada pela Federação das Indústrias do Estados do Maranhão (FIEMA) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que os níveis da atividade da Construção Civil tiveram um aumento no mês de novembro de 2022.

A atividade da Construção Civil teve um avanço de 14,5 pontos em comparação ao mês de outubro de 2022, que aponta um otimismo no setor principalmente entre as médias e grandes empresas. Para o Brasil e Nordeste os indicadores sofreram queda para 48,2 e 48,7 pontos, respectivamente.

Os indicadores do emprego no setor também apresentam uma variação positiva, tendo um maior impacto das médias e grandes empreses. Já as pequenas empresas demonstram mesma posição de outubro de 2021.

A Utilização da Capacidade Operacional (UCO) mantém-se acima da linha dos 50 pontos no segmento da Construção Civil, alcançando 82,0 pontos e superando os 70 apresentados em outubro. Este resultado tem relação com a maior utilização da capacidade operacional.

As expectativas para os próximos seis meses não crescem apesar da melhora no setor. O nível de atividade, compras de matérias-primas e de novos empreendimentos se mostram em declínio. Apenas quanto ao número de empregados é que as expectativas dos empresários se mantêm inalterada em relação ao mês passado e ficam sobre os 50 pontos, independente do porte da empresa.

– Publicidade –

Outros destaques