sexta-feira, 21 de junho de 2024

Empossada nova ouvidora geral da DPE

A defensora geral, Mariana Albano de Almeida, empossou, nesta terça-feira (23), a nova ouvidora da Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), a assistente social Rosicléia Machado Barbosa Costa, em substituição à advogada Mari-Silva Maia. Eleita para o biênio 2014/2016, ela assumiu o cargo, comprometendo-se a defender os direitos das populações vulneráveis, em consonância com o processo de crescimento vivido pela instituição maranhense nos últimos anos, contribuindo com o fortalecimento da imagem da Defensoria.

Durante a solenidade de posse, realizada no auditório da sede da DPE/MA, em São Luís, Mariana Albano de Almeida, ao dar boas-vindas e desejar sucesso à nova colaboradora da instituição, disse que o processo de escolha e a consequente nomeação de Rosicléia Costa obedeceu a critérios rigorosos definidos na gestão anterior, com base em modelo adotado pela Defensoria Pública de São Paulo.

?A posse da nova ouvidora geral ratifica o compromisso da instituição em manter efetivamente abertas as portas da Justiça a cidadãos historicamente excluídos de seus direitos. Estamos falando de um instrumento democrático popular, cuja implantação é fomentada pelo Colégio Nacional de Defensores Gerais, uma vez que o serviço está presente em apenas sete Defensorias do país. Esperamos que de forma equilibrada e responsável, a ouvidora continue contribuindo para o crescimento da instituição?, destacou a defensora geral, agradecendo à Mari-Silva Maia pela dedicação e empenho à frente da Ouvidoria externa, nos últimos dois anos.

Referência na luta pela defesa e garantia dos direitos de adolescentes, Rosicléia Costa falou, em seu discurso, que assume a Ouvidoria da DPE/MA com a missão de manter e aprimorar ações regulares da Ouvidoria;fortalecer e ampliar as articulações internas na DPE, bem como as parcerias externas e o diálogo e atuação conjunta com a sociedade civil organizada.?Pretendo defender intransigentemente os direitos da pessoa humana, agir com integridade, transparência e respeito, exercer minhas atividades com independência e autonomia, de forma ágil, abrindo novas oportunidades de diálogos com todas as pessoas e segmentos sociais que lutam pela garantia de direitos?, assinalou.

Estiveram presentes à solenidade o subdefensor geral, Werther Lima Júnior, o corregedor da DPE/MA, Peterson Barros Leal, o presidente da Associação dos Defensores Públicos (Adpema), Joaquim Gonzaga Neto, a secretária adjunta de Assistência Social da Secretaria de Direitos Humanos, Agenilma Gomes, representantes da sociedade civil, defensores públicos, servidores e familiares da empossada.

Para Joaquim Neto, a instalação da Ouvidoria é a certeza de que as populações vulneráveis, representadas pelos movimentos sociais, terão o acolhimento adequado e necessário as suas demandas. ?A Defensoria mostra-se coerente com sua história quando mantém vivo esse elo de interação com a sociedade civil?, destacou.

A advogada Maria-Silva Maia agradeceu o apoio dado pela gestão,pelos defensores e pelos servidores no encaminhamento e implementação de medidas e ações pioneiras do serviço. ?Foi um prazer e também um grande desafio ser a primeira ouvidora da Defensoria do Maranhão. Espero ter contribuído,nesses últimos anos, para a ampliação e afirmação dos direitos humanos no estado?, concluiu.

– Publicidade –

Outros destaques