sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Empresário é preso suspeito de contratar pistoleiros para executar rival

Uma operação integrada entre as forças de segurança do estado foi deflagrada no município de Itaipava do Grajaú, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão em uma fazenda de propriedade de um empresário suspeito de contratar pistoleiros para assassinar, há cerca de quatro meses atrás, um empresário conhecido como “Xexéu”, também em Itaipava.

As investigações também apontam que o empresário é suspeito de ter supostamente contratado o pistoleiro que tentou matar Cleber Lacerda da Silva, efetuando disparos contra a vítima, no dia 9 de agosto deste ano, na cidade de Barra do Corda.

Durante o cumprimento dos mandados, os policiais apreenderam na casa do empresário diversas armas de fogo, como uma pistola calibre 380, três revólveres calibre 38, uma espingarda calibre 20, uma espingarda calibre 12 com numeração raspada, uma espingarda de seta, munições de diversos calibres, dois coletes balísticos e vários rádios comunicadores.

Diante dos fatos, o empresário e o seu caseiro foram autuados em flagrante delito, respectivamente, pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e de posse ilegal e arma de fogo de uso permitido.

Antes das prisões, três homens foram mortos em confronto com os policiais. Segundo as investigações, os três são conhecidos na região por serem supostos pistoleiros e por terem uma extensa ficha criminal, além disso, alguns deles eram considerados foragidos da justiça.

A operação contou com a participação de investigadores da Polícia Civil da 15° Delegacia Regional de Barra do Corda, 2° Distrito Policial de Barra do Corda, da Delegacia de Polícia Civil de Grajaú, no Centro Tático Aéreo (CTA) e no Serviço de Inteligência (SI) do 5° Batalhão de Polícia Militar (BPM) do município de Barra do Corda.

– Publicidade –

Outros destaques