domingo, 25 de fevereiro de 2024

Escola de Eletricistas: Primeira turma exclusiva de mulheres forma 21 novas eletricistas em São Luís

Na última sexta-feira (22), ocorreu na sede da Equatorial, a formatura da primeira turma exclusiva de mulheres da Escola de Eletricistas. O curso, que intensifica as ações de Responsabilidade Social no Estado, é promovido pelo programa E+ Profissional, da Equatorial e conta com a parceria do SENAI. A capacitação gratuita teve carga horária de 40 horas semanais, totalizando 480 horas do curso profissionalizante mais 112h de curso comportamental. Além de ter sido totalmente gratuita, todos os participantes receberam material e ajuda de custo durante todo o período do curso.
A turma exclusiva de mulheres formou 21 alunas capacitadas para ingressar no mercado de trabalho do ramo da eletricidade, ocupação que antes era vista como uma profissão mais direcionada ao público masculino. Ao todo, a Escola de Eletricistas já formou gratuitamente mais de 80 profissionais desde o começo do ano no Maranhão.
O Vice-governador do Maranhão Felipe Camarão esteve presente na cerimônia prestigiando esse grande momento para as formandas, junto da Gerente de Experiência do Cliente da Equatorial Maranhão Francila Soares, a Coordenadora de Educação do SENAI, Alessandra Brito, o Gestor da Dínamo Engenharia Luiz Freire, o Diretor de Relações Institucionais da Equatorial Maranhão, José Jorge Soares e demais representantes das instituições. Nesse mesmo dia, também aconteceu a formatura dos 21 alunos da turma mista da Escola de Eletricistas no município de Imperatriz, encerrando a 2° turma do ano de 2023 na cidade.
A aluna Idelcima Silva, oradora da turma feminina, compartilhou sua experiência destacando seus aprendizados e superações. “Às vezes o medo tomava de conta, mas tudo foi bem executado então, só tenho a agradecer pela oportunidade de ter chegado até aqui para receber meu certificado hoje, com sucesso”, comenta.
Para Francila Soares, Gerente de Experiência do Cliente da Equatorial Maranhão, este foi um momento único e grande alegria para a Equatorial em ter novas mulheres aptas para o mercado de trabalho. “Desejo boas-vindas às novas eletricistas e espero vê-las em campos trabalhando para as empresas parceiras e para a Equatorial. Que agora seja um tempo de conquistar novos espaços, novos sonhos, abrir novas portas”, destacou Francila.
A Coordenadora Alessandra Brito destacou que, “É uma alegria fazer parte desse programa, pois aqui nós acreditamos em pessoas, no desenvolvimento e na mudança de vida através da educação profissional tecnológica. Por isso, agradecemos a confiança da Equatorial na nossa instituição. E como é bom sabermos que temos profissionais capacitados para estar à serviço da Distribuidora e atuar de forma geral no mercado de trabalho”. Alessandra finalizou sua fala parabenizando a caminhada e agora a conclusão dos estudos dos alunos da Escola de Eletricistas.
Saiba mais sobre a Escola de Eletricistas
A Escola de Eletricistas faz parte do E+ Profissional, projeto que compõe a Plataforma de Sustentabilidade do Grupo Equatorial Energia, e conta com o apoio do Programa de Eficiência Energética do Grupo, regulado pela ANEEL.
O E+ Profissional é uma iniciativa das Distribuidoras do Grupo Equatorial Energia alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que faz parte do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), do qual a Empresa é signatária e que tem como um dos objetivos prioritários promover Educação de Qualidade, até 2030.
A Escola de Eletricistas do Grupo Equatorial já formou 32 turmas em 07 estados em que atua, formando mais de 800 novos profissionais para ingressar no mercado de trabalho. O nível de empregabilidade de alunos egressos da Escola de Eletricistas é de cerca de 50%.
Este ano o projeto formou duas turmas em São Luís e duas em Imperatriz, totalizando 4 turmas no Maranhão em 2023.

– Publicidade –

Outros destaques