domingo, 25 de setembro de 2022

Escritora maranhense homenageia Lima Barreto em obra intitulada ‘A Estranha Mania das Abelhas’

Em seu segundo livro, Rute Ferreira dialoga com Triste fim de Policarpo Quaresma

O que poderia ter sido de Ismênia, se sua loucura fosse diferente? Como dona Adelaide viveria se tivesse se casado? Rute Ferreira toma emprestados os nomes e situações vivenciadas pelas mulheres presentes no livro ‘Triste Fim de Policarpo Quaresma’, do autor Lima Barreto, em seu novo livro, ‘A Estranha Mania das Abelhas’. Na construção dos seis contos, são discutidos temas como feminicídio, violência e racismo, assim como outras temáticas que faziam parte da realidade do final do século XIX — e que ainda fazem parte da nossa.

“Não é uma releitura, é mais uma conversa. É o que poderia ter sido de Olga, de Ismênia, de dona Adelaide. São os temas sutis presentes no romance,” afirma a escritora. Rute, que é maranhense, tem formação na área de Artes e publicou também este ano o livro ‘Eu te serviria meu coração com vinho branco’, pela Editora Voz de Mulher.

A crítica literária Márcia Silveira, que assina o texto da orelha deste livro, aponta as conexões entre os temas escolhidos pela autora. “Se na época de Policarpo Quaresma o fim da escravidão era recente, nas páginas do livro de Rute vemos que apesar de todo o tempo decorrido desde então, o racismo está longe de ser resolvido. O mesmo acontece com as relações de gênero: a sociedade que pressionava uma mulher a se casar a qualquer custo, hoje noticia graves casos de feminicídio”.

Vale lembrar que este é o ano que marca o centenário da morte de Lima Barreto, que é autor da história do nosso ‘Dom Quixote Tupiniquim’ e também assina obras como ‘Clara dos Anjos’ e ‘Recordações do Escrivão Isaías Caminha’, entre outras importantes histórias para a literatura brasileira.

‘A Estranha Mania das Abelhas’ sai com o selo da editora Urutau, que recentemente teve cinco livros na lista dos semifinalistas do Prêmio Oceanos.  O livro está em pré-venda em formato físico (autografado ou não), livro digital e outras opções no site da editora.

– Publicidade –

Outros destaques