quarta-feira, 17 de abril de 2024

Ex-ministro é preso pela Polícia Federal

Mais um ex-membro do Governo Temer é preso pela Polícia Federal. A Operação foi chamada Cui Bono (em latim significa “A quem Beneficia”) e prendeu, na Bahia, o ex-ministro Geddel Vieira Lima.

Geddel é apontado pela PF como suspeito de integrar um esquema de fraudes na época em era vice-presidente de Pessoa Jurídica, da Caixa Econômica Federal, cargo que ocupou entre 2011 e 2013.

A investigação se baseia em dados coletados em celular que pertenceu ao ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (preso na Operação lava Jato). O celular é um dos objetos apreendidos na casa de Cunha e contém troca de mensagens entre ele e Geddel.

A investigação corre na justiça de primeira instância desde que Geddel perdeu o cargo de ministro de Temer. O mandado de prisão partiu do juiz da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito federal, Vallisney Oliveira.

 

– Publicidade –

Outros destaques