quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

Felipe Camarão retira pré-candidatura ao governo e lança a deputado federal

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Uma carta do secretário de Educação, Felipe Camarão (PT), endereçada ao novo presidente do diretório maranhense do Partido dos Trabalhadores, Francimar Melo, e à militância petista, retira oficialmente sua pré-candidatura ao Governo do Estado. O petista anuncia que tentará a vaga de deputado federal.

No texto, Camarão reitera a posição de aliado do Governador Flávio Dino (PSB), que resolveu apoiar o vice para a disputa, Carlos Brandão (PSDB), e assume apoio a Brandão ao Governo, Dino ao Senado Federal e Lula à Presidência da República em 2022.

Confira trechos da carta:

“Em virtude da atual conjuntura política vivenciada em nosso estado; pelo bem de um projeto nacional do nosso Partido dos Trabalhadores, cuja tática principal é clara, no sentido de eleger o presidente Lula e constituir uma forte bancada federal nas eleições de 2022; pela minha posição de aliado do governador Flávio Dino, que já apresentou o nome do vice-governador Carlos Brandão como sua escolha pessoal para a sucessão no Governo do Maranhão e, neste sentido, não há como ser aliado e adversário ao mesmo tempo, venho manifestar, através desta carta, minha decisão de retirar minha pré-candidatura ao cargo de Governador do Estado, no pleito de 2022.

(…)

Assim sendo, coloco meu nome para disputar uma vaga na Câmara Federal, como Deputado Federal, como fora minha decisão inicial quando me filiei nesse honroso partido, ou em outra missão partidária que nosso PT deliberar em suas instâncias e níveis de decisão.

(…)

Reafirmo, portanto, meu apoio pessoal ao governador Flávio Dino para Senador da República nas eleições de 2022; Carlos Brandão, governador do Maranhão, e Lula, presidente da república para o bem do povo brasileiro. Ressalto, ainda, que estarei empenhado nos debates em todas as instâncias do nosso partido, na torcida para que nosso PT anuncie brevemente seu apoio no Maranhão estes nomes que citei no pleito de 2022, por entender ser uma questão de justiça, reconhecimento e coerência política”

Com o petista fora da disputa e com uma possível ida de Brandão ao PSB, ampliam-se as chances de um apoio de Lula à chapa governista. A decisão, contudo, ainda não foi tomada pelo diretório nacional do PT, que ainda considera apoiar Weverton Rocha (PDT) na disputa.

– Publicidade –

Outros destaques