sábado, 17 abril, 2021
Início Capa Fungo mortal ameaça pacientes assintomáticos ou recuperados da COVID-19 na Índia

Fungo mortal ameaça pacientes assintomáticos ou recuperados da COVID-19 na Índia

O Sir Ganga Ram Hospital, localizado em Nova Deli, alertou as autoridades indianas sobre o risco de infecção com um fungo perigoso de pacientes assintomáticos ou recuperados da COVID-19. No momento, Nova Deli é uma das regiões indianas com o maior número de casos.

Segundo o relatório do hospital, nos últimos 15 dias já foram registrados 10 casos de mucormicose desencadeada pela COVID-19, com mais de 50% dos pacientes sofrendo perda de visão e a remoção de seu nariz e osso da mandíbula.

Trata-se de uma rara infecção por um grupo de fungos chamados mucormycetes, que podem entrar no corpo humano através do ar (via esporas de fungo) ou da pele por causa de feridas na pele, a mucormicose afeta principalmente pessoas com níveis de imunidade baixos.

Dr. Munish Munjal, um especialista de otorrinolaringologia (ORL) do hospital, disse que a “doença alarmante” não é nova, “o que é novo é que a covid-19 está desencadeando mucormicose”.

– A frequência com que estamos testemunhando a ocorrência de mucormicose desencadeada pela covid-19 com alta morbidade e mortalidade nunca foi vista antes e isto é chocante e alarmante – adicionou.

Até esta segunda (14), a Índia registrou no total 352.000 casos ativos da COVID, o mais baixo em 149 dias. O país é o segundo no mundo com maior número de casos do vírus confirmados, reportando cerca de 9,8 milhões de infecções com 143.000 óbitos, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Fonte: sputniknews

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -