terça-feira, 16 de abril de 2024

Greve: Justiça determina prisão de 15 sindicalistas rodoviários

O Tribunal Regional de Trabalho (TRT) do Maranhão determinou a prisão de 15 membros do sindicato dos Rodoviários. A decisão ocorreu na noite da sexta-feira (18) e é da desembargadora Solange de Castro.

A determinação vem do descumprimento da ordem judicial que obrigava a circulação de pelo menos 80% dos ônibus de São Luís. A greve dos rodoviários prosseguiu com paralização total e, neste sábado (19), chega ao seu 4º dia.

Segundo o documento, os sindicalistas deverão ser presos pela Polícia Federal. São eles:

Presidente: Marcelo Luís Alves Brito
Vice-presidente: Isaías Castelo Branco
Secretário Geral: Jaciara Alves de Sousa
Sec. De Finanças: Edglebson Maia da Silva
Sec. De Administração: João Alves de Oliveira Neto
Sec. De Imprensa e Comunicação: Gilson João Ribeiro Coimbra
Sec. De Assuntos Jurídicos e Relações Trabalhistas: José
Rodrigues da Silva
Sec. Da Mulher: Cristiane Vasconcelos da Silva
Sec. De Formação Sindical: Luís Câmera
Sec. De Higiene, Segurança e Medicina do Trabalho: Luís Carlos
Rabelo da Silva
Sec. De Estudos Sócio-econômicos e transportes: Cesar Roberto
Lemos Araújo

Sec. De Políticas Sociais: Rosângela de Jesus Neves Gonçalves
Sec. De Cultura: Euclidimar Cabral Algarves
Sec. De Esporte e Lazer: Alex Maciel Aguiar da Silva
Sec. De Coordenação Política: Carlos Alberto dos Santos

– Publicidade –

Outros destaques