terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Hospital Santa Casa de Misericórdia recebe doação de Usina Solar da Equatorial Maranhão

O Hospital Santa Casa de Misericórdia foi beneficiado pelo projeto de responsabilidade social da Equatorial Maranhão E+ Energia do Bem, com a construção de uma usina de geração de energia solar e a troca de diversos equipamentos, que resultarão na redução do valor da conta de energia da instituição. A iniciativa foi realizada por meio do Programa de Eficiência Energética da Equatorial (PEE) em parceria com a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

A Equatorial Maranhão realizou na tarde desta quarta-feira (23), o evento de entrega oficial da obra, reunindo autoridades para registrar esse momento de grande relevância para o hospital e para a Distribuidora. O evento contou com a presença da diretoria do hospital, administradores e coordenadores de enfermagem; da diretoria da Equatorial, engenheiros responsáveis pela construção da usina solar e colaboradores, e também com a presença do Secretário de Saúde Municipal de São Luís.
O investimento feito na Santa Casa foi de mais de R$ 600 mil e contemplou:

1- A instalação de uma usina fotovoltaica no Hospital, com 184 placas solares, que permite geração de 101,20 kWp, por meio da energia solar;
2- A substituição de 216 lâmpadas fluorescentes por outras de LED, que consomem menos energia;
3- A substituição de 14 aparelhos de ar condicionado por outros de consumo mais eficiente;
4- Instalação de um sistema de baterias e armazenamento de energia.

Esse investimento vai gerar economia média de 202 MW/ano, equivalente a 17.000 kWh/mês, o que significa 25% de redução na conta de energia do Hospital. Esta economia representa mais possibilidade de investimentos em equipamentos contribuindo para o aumento da capacidade de atendimento do Hospital, trazendo melhoria no atendimento dos pacientes e seus familiares. O sistema fotovoltaico foi instalado por meio da ENOVA, empresa que faz parte do Grupo Equatorial e que trabalha com energia solar.

Além disso, a Santa Casa de Misericórdia se torna a primeira instituição filantrópica a receber, por meio do Programa de Eficiência Energética, um sistema inovador de banco de baterias e armazenamento de energia, que tem como objetivo trazer ainda mais economia através da compensação de energia fornecida por esse sistema.

Para o Diretor da Santa Casa de Misericórdia Dr. Ibrahim Assub, essa ação de eficiência energética é muito bem-vinda ao hospital. “Nós aqui temos uma conta de energia bastante elevada, e esse projeto beneficiará muito a nossa casa. Vamos conseguir aplicar mais recursos para ajudar a tanta gente que busca atendimento por aqui”, declarou o Diretor.

A obra foi iniciada em julho de 2022 e teve sua conclusão realizada neste mês de novembro. E para trazer melhores energias ao ambiente, a Equatorial Maranhão levou uma ilustração leve e colorida em paredes da ala cirúrgica do hospital, realizada pela artista Gabriela Arruda. Por meio da arte é possível tornar este corredor de acesso à área cirúrgica mais leve e com boas energias.

De acordo com o Presidente da Equatorial Maranhão, Sérvio Túlio dos Santos, “Estamos muito felizes em poder realizar esta obra que trará importantes benefícios para muita gente por meio de economia mensal relevante na conta de energia elétrica. Os avanços na forma de gerar, distribuir e consumir energia mostram que é impossível não repensar os conceitos e inovar na forma de desenvolver novos projetos no segmento. O Programa E+ Energia do Bem que faz parte da nossa agenda de sustentabilidade, tem essa perspectiva de desenvolvimento social aliado à inovação, com foco na economia de energia”, destacou o Presidente.

O E+ Energia do Bem atende instituições maranhenses beneficentes de reconhecida relevância, para receberem ações de responsabilidade social, eficiência energética e sustentabilidade, que resultam em redução significativa dos custos de energia e contribuição com a sociedade em geral.

O Hospital do Câncer Aldenora Bello também foi beneficiado pelo projeto, em abril deste ano, com o investimento foi de aproximadamente R$ 870 mil que contemplou a instalação de uma mini usina fotovoltaica no Hospital, com 495 placas solares, que permite geração de aproximadamente 227.470 kwh/ano, por meio da energia solar. Isso significa economia média de 30% na conta de energia do Hospital. Anteriormente, instituições como o Asilo de Mendicidade, Casa do Sonho de Criança/Lar Irmã Mônica (Grupo Solidariedade é Vida) e Lar de José também receberam ações de Eficiência Energética da Equatorial.

Sobre a Santa Casa de Misericórdia de São Luís – A Santa Casa foi uma das primeiras instituições de saúde do estado. Suas instalações existem desde 03 de dezembro de 1622, e assim como toda Santa Casa, a da cidade de São Luís também é uma instituição filantrópica, ou seja, não possui fins lucrativos.

O hospital possui 180 funcionários e 404 leitos para atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de clínica cirúrgica e maternidade. Além disso, serve também como anexo do Hospital Socorrão e retaguarda da pediatria do Hospital Dr. Juvêncio Matos.

A Santa Casa de Misericórdia de São Luís realiza em média 800 internações, 2.900 exames e consultas por mês.

– Publicidade –

Outros destaques