quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Investigado pela PF é preso por estupro de vulnerável, em São Luís

A Polícia Federal no Maranhão, deflagrou na manhã desta sexta-feira (15), na cidade de São Luís, a Operação Libertas, dando cumprimento a um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva expedidos em face de investigado suspeito da prática dos crimes de Estupro de vulnerável, produção e armazenamento de cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança/adolescente, tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

As medidas cautelares foram deferidas judicialmente e visam a coleta de elementos adicionais de prova da autoria e materialidade delitiva.

O nome da operação faz referência ao termo “liberdade” em latim, em alusão ao livramento conferido à vítima, cujo abusador era seu próprio pai e foi retirado de seu convívio a partir do cumprimento da medida de prisão preventiva implementada hoje.
A Operação resultou na apreensão de instrumentos utilizados para a perpetração dos crimes, dentre os quais o aparelho smartphone do investigado, o qual será submetido a posterior exame pericial.

As investigações prosseguirão com o escopo de coletar mais elementos probatórios relacionados aos crimes investigados, apontar eventuais condutas criminosas correlacionadas bem como individualizar outras possíveis vítimas dos delitos. E uma vez comprovadas as condutas, as penas somadas poderão chegar a 27 (vinte e sete) anos de reclusão.

– Publicidade –

Outros destaques