quarta-feira, 19 de junho de 2024

Jornalista Roberto Fernandes morre aos 61 anos por complicações da covid-19

Foto: Reprodução

O jornalista Roberto Fernandes, do Grupo Mirante, faleceu nesta terça-feira (21) em decorrência de complicações do coronavírus (Covid-19). Roberto estava internado desde o dia 23 de março, quando precisou ser internado em um hospital particular de São Luís com quadro de pneumonia. No dia 2 de abril, um teste de contraprova confirmou que ele estava com Covid-19.

Ele será sepultado na manhã desta quarta-feira (22) no cemitério Parque da Saudade, no bairro do Vinhais, em uma cerimônia fechada apenas para cinco pessoas, conforme o protocolo.

A TV Guará se solidariza com a família e amigos de Roberto Fernandes neste momento de grande dor. A imprensa maranhense perde um grande jornalista e desejamos que sua história de vida sirva de exemplo para todos os profissionais que estão nessa luta contra o coronavírus.

Repercussão

Por meio de nota e de suas redes sociais, autoridades e clubes de futebol lamentaram a morte de Roberto Fernandes. Veja as notas na íntegra.

Flávio Dino, governador do Maranhão

Othelino Neto, presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão 

Com imenso pesar, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão lamenta o falecimento do jornalista Roberto Fernandes, aos 61 anos, ocorrido nesta terça-feira (21), deixando uma grande lacuna na imprensa e no esporte maranhense.

Natural de Vitória de Santo Antão (PE), Roberto era formado em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Exerceu como muita competência seu ofício, com passagens pela Rádio São Luís AM, TV Brasil e Rádio Educadora AM. Foi, ainda, presidente do time de futebol maranhense Moto Club.

Há 20 anos, comandava o programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, além de ser apresentador do quadro de política do Bom Dia Mirante.

Neste momento de tristeza, a Assembleia  Legislativa solidariza-se com familiares, amigos e colegas de trabalho de Roberto Fernandes, rogando a Deus o consolo para superar a dor desta grande perda.

Edivaldo Holanda Jr, prefeito de São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Junior manifesta profundo pesar e solidariedade pelo falecimento do jornalista Roberto Fernandes, nesta terça-feira (21), aos 61 anos.

Em toda a sua trajetória profissional, no rádio e na televisão, Roberto Fernandes teve sua atuação marcada pela ética no exercício do jornalismo, levando à sociedade informação de qualidade.

Pernambucano, Roberto Fernandes iniciou sua trajetória no rádio ainda antes de abraçar São Luís como sua cidade, no fim da década de 1970. Aqui, atuou nos principais veículos de comunicação da capital, tornando-se uma referência na área.  

Entre os veículos que trabalhou, a Rádio Educadora AM, TV Brasil, Rádio São Luís e nos últimos 20 anos esteve à frente do programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, além de ter atuado ainda como comentarista esportivo e comentarista político na TV Mirante.  

Roberto Fernandes também foi um grande entusiasta e defensor do esporte local, chegando a presidir um dos times mais tradicionais do Maranhão, o Moto Club.

Que Deus conforte os familiares, amigos e admiradores neste momento de dor e saudade, transformando-as em fé e esperança.

Moto Club

Sampaio Corrêa


Universidade Federal do Maranhão

Rubens Pereira Jr, Secretário de Estado


Felipe Camarão, Secretário de Educação do MA

Carlos Lula, Secretário de Saúde do MA

– Publicidade –

Outros destaques