sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Mais Renda: mais de 5 mil maranhenses beneficiados pelo programa

Há cinco meses, o avental branco, com a identificação do programa Mais Renda, e os cabelos amarrados protegidos por uma toca se tornaram o uniforme da vendedora Silvia Pestana. Ela contou que, após ser beneficiada pelo programa, a recepção dos clientes mudou. “As pessoas sentem confiança no meu trabalho e nos lanches ao verem que faço parte do Mais Renda”, afirmou a beneficiária que esteve, nesse último sábado (26), no evento das Escolas de Samba de São Luís, no Ceprama.

O evento, que começou às 20h, foi uma prévia do carnaval de 2023, em que as escolas de samba da capital apresentaram ao público os sambas-enredo que irão embalar a festa carnavalesca do próximo ano. Quem também aproveitou para mostrar o seu trabalho foi o microempreendedor Carlos César Silva, outro beneficiado pelo Mais Renda. “Poder trabalhar nesses grandes eventos está sendo de grande valia, porque tem auxiliado a mim e minha família financeiramente”, ressaltou.

Desde junho deste ano, o Governo do Estado vem oportunizando espaços em arraias, exposições, eventos esportivos, shows, entre outros, para que os inscritos do programa possam comercializar os seus lanches. No período junino, quase 300 trabalhadores estiveram presentes durante toda a programação de arraiais realizados pelo Governo. Recentemente, no festival Tim Music, que trouxe nomes como Iza e Preta Gil, a praça de alimentação foi exclusiva para os trabalhadores atendidos pelo programa.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Paulo Casé Fernandes, que coordena a pasta responsável pelo Mais Renda, a inserção desses trabalhadores em grandes eventos é um incentivo para impulsionar a autonomia financeira deles. “Tendo em vista o cenário de crise pós-pandemia e a retomada das atividades econômicas, nosso governador Carlos Brandão viu a oportunidade de fortalecer pequenos negócios, gerar receita e, consequentemente, contribuir para o orçamento financeiro de chefes de família duramente atingidos nesse período”, afirmou

Ainda de acordo com o secretário, com o sucesso da participação do Mais Renda nos arraiais, o programa também ganhou adesão do público em geral. “Muitos beneficiários contam que as pessoas se dirigiam a eles curiosas para saber do que se trata o programa e, após conhecerem melhor, se tornam clientes fiéis”, contou. “Queremos que, com o crescimento da clientela, esses trabalhadores possam expandir o próprio negócio”, completou.

Quem também esteve, no último sábado, trabalhando no evento das escolas de samba de São Luís foi a beneficiária Lucicleide de Araújo. A vendedora de guaraná da amazônia revelou que estar identificada como participante do programa chama atenção do público. “O Mais Renda atrai as pessoas para virem comprar com a gente, porque eles enxergam profissionalismo quando veem toda uma padronização”, destacou. “Além disso, numa época como essa, esse reconhecimento é muito bom, porque mostra que nosso negócio tem futuro”, explicou a beneficiária.

Outro evento que ocorreu na última semana e que contou com a presença de microempreendedores do programa foi o Torcida Maranhão, que ocorreu na última quinta-feira (24), na Av. Litorânea, durante a transmissão do jogo do Brasil contra a Sérvia na Copa do Mundo. Além de comemorar a vitória da seleção, a beneficiária Lucileide Silva comemorou sua participação no evento. “É muito bom estar presente nessas festas, porque muitas pessoas compram na nossa mão. Eu gosto bastante, pois é uma renda extra que entra para todos nós do Mais Renda”, comemorou.  

Sobre o programa

O Programa Mais Renda foi instituído pelo Governo do Estado com o objetivo de oportunizar a inclusão produtiva de famílias em situação de vulnerabilidade social, por meio da inserção e organização dos empreendimentos existentes na informalidade, buscando ampliar a renda desses trabalhadores.

Além da área de alimentação, o programa beneficia trabalhadores na área de corte e costura, cabeleireiro, manicure e confeitaria. Atualmente, já foram beneficiados mais de 5 mil maranhenses de 98 municípios, incluindo São Luís.

– Publicidade –

Outros destaques