sábado, 24 de fevereiro de 2024

Maranhão registra saldo positivo de 22 mil novos empregos em 2023

No Maranhão, em 2023, foi registrado um saldo positivo de 22.039 empregos formais, atingindo um total de 600.891 empregos formais ativos. Os dados são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O resultado decorre da diferença entre 247.535 admissões e 225.496 desligamentos. Ao analisar a distribuição das contratações líquidas, observou-se que o setor de serviços liderou o ranking de melhores resultados, com um aumento de 8.919 vínculos, seguido pelo comércio com 7.906. Contribuíram positivamente, também, os setores da indústria (2.961 vínculos gerados), a agropecuária (1.907) e a construção civil (346).

Neste sentido, o emprego no setor de serviços foi impulsionado pelas ‘atividades de apoio à gestão de saúde’ (+947 vínculos), ‘serviços combinados de escritório e apoio administrativo’ (+880 vínculos) e ‘limpeza em prédios e domicílios’ (+659 vínculos). Tais contratações foram concentradas em São Luís (MA).

“Temos trabalhado constantemente para que a nossa população tenha variedade nas ofertas de postos de trabalho. Paralelo a isto, os diversos setores de desenvolvimento seguem buscando o crescimento econômico cada vez mais equilibrado em nosso estado. Com os resultados cada vez mais positivos e concretos, vamos direcionando e investindo em recursos que melhoram os nossos indicadores sociais”, comemorou Brandão.

 Ainda de acordo com o governador Carlos Brandão, “Tudo isto reflete na qualidade da mão de obra e na absorção de nossas trabalhadoras e trabalhadores por estes mesmos setores de desenvolvimento. Avançaremos!”, destacou.

O setor do comércio foi o segundo maior gerador de novos empregos. As atividades que se destacaram foram: ‘comércio atacadista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios’ (+828 vínculos), ‘supermercados’ (+635 vínculos) e ‘comércio varejista de combustíveis para veículos automotores’ (+534 vínculos).

Mais informações estão disponíveis na publicação Mercado de Trabalho Maranhense, elaborada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc). Acesse www.imesc.ma.gov.br e confira.

– Publicidade –

Outros destaques