quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

Márcio Ronny retorna a Goiânia para tratamento de queimaduras

Oito meses depois dos ataques a ônibus que vitimaram a menina Ana Clara de seis anos, Márcio Ronny da Cruz Nunes, 37 anos, voltou a Goiânia, na madrugada desta terça-feira para realizar novos exames no Hospital de Queimaduras. Ele havia ficado internado na capital do Estado de Goiás até o dia 21 de março, quando retornou a São Luís.

Márcio Ronny ficou famoso nacionalmente após tentar salvar Ana Clara, ao abraçar a menina coberta por chamas na tentativa desesperada de apagar o fogo. O entregador acabou tendo mais de 75% do corpo queimados.

Ele foi acompanhado de uma irmã, Eveline da Cruz Nunes e ainda não tem previsão de quando vai voltar a São Luís.

Histórico

Após a transferência de alguns detentos para outros presídios uma série de ataques a ônibus e delegacias partiu de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. No dia 03 de janeiro criminosos ligados a uma facção criminosa da capital invadiram coletivo que fazia a linha Vila Sarney, onde estava Márcio Ronny e Ana Clara. 

– Publicidade –

Outros destaques