sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023

Ministério Público vistoria Hospital da Criança

Mais uma vistoria será realizada no Hospital Amaral de Mattos (Hospital da Criança), na tarde desta sexta-feira (24). Dessa o Ministério Público (MP) e membros da comissão de saúde da Câmara Municipal de São Luís estarão juntos no local para verificar as instalações e o atendimento.

O hospital já havia passado por uma inspeção realizada por técnicos da Vigilância Sanitária Estadual, para que fossem encontradas as causas de um alagamento ocorrido dois dias antes no hospital.

O promotor Herbert Figueiredo afirmou que ainda aguarda o laudo da inspeção para tomar as devidas providências. Ele, no entanto, já adiantou que, dependendo das irregularidades encontradas, o Ministério Público poderá entrar na Justiça com uma ação cautelar pedindo a interdição total do Hospital da Criança.

Por causa dos problemas causados pelas fortes chuvas que atingiram a cidade no domingo, dia 19, na unidade de saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) decidiu que os pacientes internados seriam transferidos para outros hospitais da cidade, o que começou ainda na madrugada de domingo, quando aconteceu a segunda inundação em menos de quatro dias no local.

Por causa desse alagamento, 46 crianças que estavam na ala da enfermaria foram transferidas para a Santa Casa de Misericórdia, no Centro, ainda na noite de domingo e madrugada de segunda-feira. No dia seguinte, tiveram prosseguimento as transferências para a unidade.

De acordo com informações repassadas pela chefe do setor de Serviço Social da unidade, Rosilene Santos, na tarde de ontem estava prevista a transferência de crianças para o Hospital Infantil Juvêncio Mattos, no centro da cidade.

O setor de internação do Hospital da Criança ficará desativado até a conclusão das obras que estão sendo executadas na unidade. Apenas os atendimentos de urgência e emergência continuam sendo realizados no local.

– Publicidade –

Outros destaques