sábado, 10 de dezembro de 2022

“Morte Fake”! Foragido da Justiça forja a própria morte com sangue de galinha para fugir da polícia

“Morte fake”! Um homem que é foragido da Justiça tentou enganar a o poder judiciário publicando a própria morte. O foragido Paulo César da Silva Viana, de 29 anos, foi preso pela Polícia Militar em uma barreira polical, no município de Vitorino Freire, no Maranhão.

Em maio desse ano, Paulo César, que é conhecido como “Bebeto”, havia deixado o Presídio de Pedrinhas, em São Luís, pois tinha sido foi beneficiado com a saída temporária do Dia das Mães, e não retornou, sendo considerado foragido.

Cerca de um mês após não ter retornado à penitenciária, uma foto de Bebeto começou a circular nas redes sociais mostrando ele morto, caído ao chão e coberto de sangue, sendo que a informações que a polícia tinha era de que ele teria sido vítima de uma execução.

A morte fake só foi descoberta após Paulo César ser detido em uma barreira da PM próximo a Vitorino Freire, durante investigações do roubo de uma motocicleta na cidade de Pio XII. Ele apresentou uma identidade falsa com o nome de Francisco Alves da Conceição, mas como era bastante conhecido pelas autoridades policiais, foi comprovada a farsa. Paulo César foi preso e encaminhado novamente ao sistema penitenciário.

A polícia ainda afirma que ele teria utilizado sangue de galinha para simular a morte fake, na tentativa de escapar da Justiça.

– Publicidade –

Outros destaques