sábado, 4 de fevereiro de 2023

Moto perde, mas garante jogo de volta

Apesar da derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, o Moto Club garantiu o segundo jogo na casa dos adversários. O próximo confronto entre os times será na próxima quarta-feira (14), ás 19h30, em Campinas.  O Papão precisa vencer por dois gols de diferença. Já a Ponte Preta pode perder por um gol que avança na Copa do Brasil.

 

Mesmo atuando com um time inteiro de reservas, a Ponte Preta dominou o primeiro tempo. Aos 15 minutos, Adrianinho cobrou falta com perigo para dentro da área e Renato Chaves cabeceou livre. O goleiro Raniere fez uma grande defesa espalmando para escanteio.

 

Se em jogada trabalhada o gol não saia, o jeito foi apostar nas jogadas individuais. Aos 33 minutos, o atacante Wanderson (foto) pegou a bola no campo de defesa e depois de tirar do zagueiro, chutou forte de pé esquerdo para abrir o placar.

 

No retorno para o segundo tempo, o time maranhense começou a incomodar. Logo aos seis minutos, Kléo cobrou falta com um chute forte e João Carlos espalmou para frente. No rebote, Naóh cabeceou e acertou a trave direita.

 

A pressão continuou e o Moto Club conseguiu um gol aos 12 minutos. Kléo levantou para a área e Chico bala cabeceou para as redes, mas como estava em posição irregular, o gol acabou anulado.

 

No lance seguinte a Ponte Preta conseguiu o segundo gol. Leandrinho recebeu na entrada da área e puxou para o pé direito.

 

Com o 2 a 0 a seu favor, a Ponte Preta eliminava o jogo de volta, mas Rayllan saiu do banco para estragar a festa campineira. Depois de falha do lateral-direito Jéferson, ele dominou com tranqüilidade e chutou cruzado para marcar o único gol do Papão.

 

 *Com informações Futebol Interior

– Publicidade –

Outros destaques