segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Nove pessoas foram assassinadas no fim de semana

Como de costume, sempre o fim de semana na região metropolitana de São Luís é bastante violento, e mais uma vez o números de crimes violentos contra a vida é alto.

Entre a última sexta-feira (12) e o fim da noite de domingo (14), nove pessoas foram assassinadas nos quatro municípios que compõem a Ilha: São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

 

 

 

Mortes

A primeira do fim de semana foi no início da noite de sexta-feira (12), por volta das 19h30. A vítima foi um adolescente de 17 anos, identificado como Thiago Rodriguez, espancado até a morte, na localidade Boa Viagem, em São José de Ribamar.

 

 

José Luís Souza foi espancado na quarta-feira, dia 10, e foi internado em uma unidade de saúde em São Luís, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na sexta. O caso aconteceu no bairro da Areinha.

 

 

No sábado (13), Bruno Reis de Oliveira, de 24 anos, foi executado, por volta das 11h40, a tiros. O crimes aconteceu no bairro do Barreto.

 

 

Ainda no sábado, mas na parte da tarde, por volta das 15h30, Antônio do Espírito Santo Santos também foi executado a tiros. Mas o crime foi registrado na Vila Itamar.

 

 

No período da noite, Weverton da Silva Frazão, de 32 anos, foi assassinado na Vila Bacanga, região do Itaqui-Bacanga, em São Luís. Outro crime durante a noite do sábado foi na Vila Embratel, onde Messias de Jesus Coelho Diniz, de 23 anos, morreu após ser atingido a tiros.

 

 

No início da madrugada de domingo (14), às 00h10, Renato Carlos Rodrigues Cardoso foi assassinado na BR-135. Um dos suspeitos do crime foi identificado como Joubert Bruno da Cunha Silva Nascimento, de 26 anos. Ele foi capturado pouco depois de ter cometido o assassinato. Outras quatro pessoas teriam participado do crime, mas ainda estão foragidas.

 

 

Outro caso foi o de Alessandro Pereira, de 34 anos. O homem foi esfaqueado por volta das 23h do sábado (13), no João Paulo, foi socorrido e encaminhado para o Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, onde faleceu neste domingo.

 

 

Já na madrugada desta segunda -feira (15), por volta das 00h30, Anderson Cabral dos Santos foi assassinado a tiros nas proximidades do Terminal do São Cristóvão.

– Publicidade –

Outros destaques