sábado, 13 de abril de 2024

Após ataques, ônibus saem de circulação em SL

Dois ônibus foram incendiados, no fim da manhã, desta quarta-feira (1).

 

O primeiro foi na Avenida Antarea, localizada no bairro Recanto dos Vinhais, e o segundo no Piquizeiro, nas proximidades do Anil.

 

De acordo com informações do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Gilson Coimbra, o coletivo, queimado no Recanto dos Vinhais, é da empresa Primor.

 

O Corpo de Bombeiros e várias viaturas da Polícia Militar foram ao local do fato. Os Bombeiros conseguiram apagar o fogo em pouco tempo.

 

A polícia ainda não tem confirmação se o incêndio foi provocado por ataques das facções criminosas “Bonde dos 40” ou Primeiro Comando do Maranhão (PCM).

 

Policiais que estiveram no local do crime revelaram que a ação criminosa foi efetuada por duas pessoas. Outras informações, estas não oficiais, dão conta de que na Vila Progresso, que fica ao lado do Recanto dos Vinhais, dois foragidos de Pedrinhas estariam se escondendo no local, e poderiam ter envolvimento com a atividade criminosa que acontece na região.

 

Outro coletivo

 

Mais um ônibus foi incendiado, no fim da manhã desta quarta-feira (1º). O corpo de Bombeiros atendeu a outro chamado no bairro do Pequizeiro, próximo ao Anil.

 

De acordo com informações, seis homens entraram no coletivo, que faz a linha para o Pão de Açúcar, e teriam queimado alguns bancos. As chamas foram contidas pelos próprios moradores e passageiros.

 

Prisões

 

Duas pessoas suspeitas de atearem fogo no ônibus da empresa Primor, no Recanto dos Vinhais, foram presas. Os suspeitos foram identificados como Gilmar Delgado Sousa, de 20 anos, e Alan Delgado Sousa, de 19 anos, detidos na Rua da Vitória, na Vila Progresso. Já no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pedrinhas, um detento teria sido flagrado ordenando os ataques. Todos foram encaminhados para a Sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), localizada no Bairro de Fátima. Eles vão passar por interrogatórios.

 

 

O Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (STTREMA) se pronunciaram através de nota e vão paralisar as atividades, ou seja, vão retirar os ônibus de circulação.

 

 

 

Confira a nota na íntegra:

 

O SET – Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis e o STTREMA – Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado do Maranhão informam que houve na manhã desta quarta-feira (1°) dois casos de incêndio a ônibus em São Luis.

 

A Secretaria de Segurança e a Força Nacional já foram informadas, e estão tomando as providências para a captura dos vândalos envolvidos.

 

Porém, visando a segurança dos usuários, bem como dos operadores do sistema de transporte de São Luis, o SET e o STTREMA informam que a frota de veículos está sendo totalmente recolhida de forma imediata.

 

O retorno da operação deverá ocorrer somente quando houver uma reunião com o sistema de segurança e a governadora do Estado do Maranhão, para dar garantia aos veículos e aos usuários.

 

– Publicidade –

Outros destaques