terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Operação resulta na prisão de 12 pessoas na capital

Ação conjunta da Civil e da PM envolveu 115 policiais militares e 32 policiais civis.

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar deu cumprimento a oito mandados de Busca e Apreensão nos Bairros da Ilhinha e do São Francisco, na manhã desta sexta-feira (22). Na ação foram envolvidos 115 policiais militares e 32 policiais civis, sendo oito delegados. A operação foi determinada pelo secretário de Segurança Pública,Marcos Affonso Júnior.

Participaram da ação policiais militares do 1°, 8º e 9º BPM; da Companhia de Policiamento Turístico; do Batalhão de Choque; alunos da Força Tática de Imperatriz; policiais civis da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC); da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV); da Supervisão de Área Integrada de Segurança Pública Leste; da Delegacia de Homicídios; e do 16º Distrito Policial.

Doze pessoas foram conduzidas ao9º Distrito Policial, no Bairro São Francisco; duas foram autuadas em flagrante delito e outras duas assinaram Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO).Miguel Ângelo Pinheiro, de 33 anos, foi preso na residência dele, localizada na Avenida Ferreira Goulart, Ilhinha. No local, os policiais apreenderam umacarabina calibre 44. Ele foi autuado por posse ilegal de arma de fogo. De acordo com informações policiais, Miguel Ângelo é suspeito de fornecer armas de fogo a facções criminosas.

Outro autuado em flagrante delitofoi Jadilson Jeferson Serrão, de 23 anos. Ele foi preso dentro de uma malharia,próximo ao 9º DP. Jadilson foi autuado pela tentativa de furto qualificado. Miguel Ângelo e Jadilson foram encaminhados ao Centro de Triagem, em Pedrinhas. Contra Beto Ribeiro Pereira, de 20 anos, e Luís Fernando Trindade Mendonça, de 38 anos, foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência pelo consumo de drogas. Os dois foram presos em suas respectivas residências, naAvenida Ferreira Goulart, Ilhinha. Depois de assinarem o TCO, os dois foram liberados.

Os procedimentos foram lavrados pela delegada adjunta do 9º Distrito Policial, Margareth Moura da Silva. Os mandados de Busca e Apreensão foram expedidos no mês de julho pelos juízesAntônio Luís de Almeida Silva, Cândido José Martins de Oliveira e Lúcio Antônio Machado Vale, da Central de Flagrante.
As ordens judiciais foram solicitadas pela delegada Adriana Paixão, quando estava à frente do 9º DP, para coibir suspeitos de assaltos, receptação e tráfico de drogas e de armas na região.

A Polícia Militar também realizou a segurança de perímetro, abordando transeuntes em pontos estratégicos dos bairros da Ilhinha e do São Francisco.

– Publicidade –

Outros destaques