quarta-feira, 17 de abril de 2024

PENALVA: acusado de assassinato é absolvido

A juíza Elaile Silva Carvalho presidiu um julgamento em Penalva, comarca da qual é titular. No banco dos réus, Cleiton de Souza Evangelista, que estava sendo acusado de praticar homicídio contra Fernando Mendonça Soares, em caso ocorrido em outubro de 2013. Cleiton Evangelista, também conhecido como índio, foi absolvido pelo conselho de sentença.

 

De acordo com a denúncia, Cleiton Evangelista teria assassinado Fernando em outubro de 2013, dentro da oficina Xanxo Peças, com três tiros de revólver. Eles estariam na oficina, quando Fernando perguntou a Cleiton sobre um revólver.

 

A partir daí denunciado e vítima discutiram fortemente, foi quando Cleiton sacou a arma e disparou contra Fernando. Após efetuar os disparos, Cleiton fugiu. As outras pessoas que estavam na oficina socorreram Fernando, que não resistiu aos ferimentos e faleceu. O conselho de sentença acolheu a tese de legítima defesa.

 

“Ante o exposto e tendo em vista a vontade soberana do conselho de sentença, declaro absolvido o réu Cleiton de Souza Evangelista, conhecido como índio, das imputações que lhe foram feitas nestes autos em detrimento da vítima Luis Fernando Mendonça Soares”, ressaltou a sentença.

 

Em face da absolvição do réu, a magistrada determinou que ele fosse posto em liberdade. O júri ocorreu na última quinta-feira (16).

– Publicidade –

Outros destaques