domingo, 23 de junho de 2024

PM é preso por matar uma pessoa e tentar assassinar 3 vítimas, em bar no Araçagi

A Polícia Civil deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de ter cometido homicídio e tripla tentativa de homicídio no bairro Parque Araçagi, em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

Os crimes ocorreram na tarde do último dia 12 de agosto, onde na oportunidade o policial militar disparou diversas vezes contra pessoas que estavam em um bar.

Segundo as investigações, após passar a noite consumindo bebida alcoólica na companhia de uma mulher, no bairro da Península, deslocou-se para a um bar da Cohama, e depois foi para o Parque Araçagi, local onde continuou ingerindo bebida alcoólica e em visível estado de embriaguez decidiu pegar seu carro e começar a disparar contra transeuntes.

Momento em que ao chegar no bar do Carlinhos, matou uma pessoa identificada como José Antônio Rodrigues Cordeiro, mais conhecido como “Kiko”, e atentou contra vida de mais três pessoas que estavam no local e que saíram feridas .

De imediato, foi representada pela prisão preventiva do suspeito, o que foi prontamente deferida pela Central de Inquéritos e Custódia, mas por meio de um Habeas Corpus foi revogada três dias depois. Ocorre que o mesmo juiz que concedeu o habeas corpus, decidiu rever sua decisão e emitiu um novo mandado de prisão que foi cumprido no domingo (26), em uma clínica psiquiátrica da região metropolitana, local onde o suspeito está internado.

Por ser policial militar, o comando da corporação foi cientificado da situação e realiza a custódia do preso na clínica. Após as formalidades legais, o juízo competente foi comunicado do cumprimento da prisão e o inquérito será concluído pela SHPP, dentro do prazo legal.

– Publicidade –

Outros destaques