G10 Editora

Anajatuba: carga roubada avaliada em R$ 65 mil é apreendida pela polícia

Uma ação de investigadores, lotados na 2ª Regional de Itapecuru-Mirim,resultou, na manhã desta sexta-feira (12), na prisão de Elisangela da Trindade Martins Marinho, 31 anos, e na apreensão de uma carga roubada, avaliada em R$ 65 mil, no Povoado Bacabeira, município de Anajatuba.

 

Com base nos levantamentos policiais, na quarta-feira (10), por volta do meio dia, nas imediações da cidade de Dom Pedro, quatro homens armados com revólveres e uma espingarda de calibre 12, tomaram de assalto um caminhão de uma empresa do ramo alimentício. Na ocasião, renderam o motorista e o acompanhante. Logo em seguida, liberaram as vítimas em uma estrada vicinal,dentro de um matagal.

 

Após o roubo, policiais civis lotados na 13ª delegacia regional de Presidente Dutra deram início às diligências, no intuito de localizar o caminhão e a carga roubada. ?O veículo foi recuperado na Rodovia entre as cidades de Matões do Norte e Miranda do Norte e já estava sem a carga que transportava? informou o delegado regional de Presidente Dutra, Avilásio Fonseca.

 

As investigações continuaram durante toda quinta-feira (11), a fim de encontrar o material. A noite, a equipe da 13ª regional de Presidente Dutra,com apoio dos investigadores da Delegacia de Itapecuru-Mirim, conseguiu obter informações do esconderijo da carga.

 

Já na manhã desta sexta-feira (12), por volta das 6h30, os policiais chegaram até a residência de Elisangela, no Povoado Bacabeira, em Anajatuba, onde estaria escondido todo o material roubado. ?Os investigadores descobriram o comercial da Elisangela, onde seria o ponto em que grande parte dacarga foi descarregada. Os vizinhos afirmaram que viram um caminhão deixar uma mercadoria na casa dela, na quarta-feira? disse o delegado regional de Itapecuru-Mirim, Sidney Oliveira.

 

Ao fazer uma revista no interior do imóvel, os policiais encontraram todos os produtos roubados.

 

Ao ser interrogada,Elizangela afirmou que um indivíduo conhecido com Zé Baixinho, da cidade de Pedreiras, ligou para ela e pediu para que guardasse uma carga para ele. E queiria buscar na madrugada de domingo (14). Zé Baixinho alugou um dos quartos dacasa para esconder a mercadoria, no entanto os produtos tomaram a casa inteira.A criminosa disse também que não sabia que a carga era roubada.

 

Após a abordagem policial, Elisangela foi encaminhada para a 2ª delegacia regional de Itapecuru-Mirim, onde foi autuada por receptação e associação criminosa e ficará à disposição da Justiça.

– Publicidade –

Outros destaques