segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Polícia Civil apreende 60 kg de crack em teto de veículo avaliados em quase 2 milhões de reais

A Polícia Civil do Maranhão conseguiu apreender 60 quilos que estavam escondidos no teto de um veículo na cidade de Açailândia. A apreensão, realizada na sexta-feira (28), é fruto de um trabalho integrado entre a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico ( SENARC), o Centro de Inteligência da Secretaria de Segurança (CISP), da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico ( DENARC) e do Grupo de Pronto Emprego (GPE), sendo esses três últimos de Imperatriz.

A apreensão teve como base uma ação realizada pela Polícia Rodoviária Federal no último dia 06 de outubro, quando 06 indivíduos foram interceptados em 03 veículos, onde, em um destes veículos, foi encontrada grande quantidade de drogas. Nesta ocasião, acreditou-se que os dois outros veículos funcionavam apenas como “batedores”, com o objetivo de avisar ao indivíduo que transportava a droga de eventuais barreiras policiais.

Após 20 dias de investigação, foi possível verificar que um segundo veículo apreendido também estava transportando grande quantidade de entorpecente. Durante a vistoria no veículo do modelo Spin/ Chevrolet que, encontra-se apreendido da Delegacia Regional de Açailândia, os policiais civis encontraram os 60 tabletes de crack, avaliados em, aproximadamente, dois milhões de reais.

O material apreendido foi encaminhado ao Instituto Laboratorial de Análises Forenses para realização de exame pericial. Os indivíduos responsáveis pela droga se encontram presos preventivamente. As investigações terão continuidade para identificar mais envolvidos na prática criminosa.

Segundo o delegado-geral de Polícia Civil, Jair Paiva, a ação faz parte de um trabalho integrado entre superintendências , departamentos e grupos especiais da PCMA , além do Centro de Inteligência da SSP-MA, dando destaque para a Delegacia de Repressão ao Narcotráfico(DENARC) de Imperatriz, que foi reativada pela atual gestão da PCMA em menos de 15 dias após ficar 14 meses inoperante. “Além da apreensão das drogas, a Polícia Civil do Maranhão destaca um outro ponto, a reativação da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico(DENARC) do município de Imperatriz que estava há 14 meses fechada, sendo reativada pela atual gestão da Polícia Civil do Maranhão que montou uma equipe composta por delegado e investigadores. Por ser o segundo maior município do estado, notamos a importância de intensificar os trabalhos de combate ao tráfico de drogas na Região Tocantina através de um departamento especializado”, disse Paiva.

Na última quarta-feira(26), um casal foi preso em flagrante no bairro Parque Santa Lúcia, em Imperatriz, pelo crime de tráfico de drogas. Foram encontrados no forro de um dos cômodos da casa 34 invólucros de papel com substância amarela sólida similar à droga conhecida como crack, bem como uma pedra maior e vários fragmentos.

Em outra ação realizada no dia 16 de setembro deste ano, policiais civis cumpriram dois mandados de prisão por tráfico de drogas e associação para o tráfico, com pena de 08 anos de reclusão e 1200 dias-multa. O indivíduo era alvo de dois mandados, e estava foragido do sistema penitenciário desde 2020 sendo localizado na cidade de Imperatriz.

– Publicidade –

Outros destaques