quinta-feira, 30 de maio de 2024

Polícia prende serial killer suspeito de 40 mortes em GO

A Polícia Civil de Goiânia prendeu na noite de terça-feira (14) um motoqueiro suspeito de ser um serial killer. Segundo fontes da polícia, o homem é investigado por cerca de 40 mortes entre mulheres e moradores de rua. O jovem teria confessado os crimes.

 

Entre 18 de janeiro e 2 de agosto, 15 mulheres foram mortas da mesma forma: um motoqueiro se aproxima, atira e foge sem levar nenhum pertence das vítimas. Os policiais ainda investigavam uma tentativa de homicídio e a morte de um homem. 

 

No ano passado, ao menos 30 moradores de rua foram assassinados. Ainda não há detalhes destes crimes. 

 

Após as mortes de mulheres na cidade, a polícia montou uma força tarefa composta por sete delegados, 30 agentes de polícia e dez escrivães designados para esclarecer os casos. Dois homens chegaram a ser presos por suposto participação nos crimes.

 

No início, os agentes diziam não acreditar que os homicídios tivessem sido cometidos por uma única pessoa. Entre os motivos que reforçavam a hipótese estava o fato de que, nos depoimentos colhidos, testemunhas citarem motocicletas de diferentes marcas e cilindradas. Além disso, as características físicas dos suspeitos também divergiam.

– Publicidade –

Outros destaques