terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

Agiotagem: ex-prefeito de Bacabal participa de acareação

Raimundo Lisboa foi preso na terça-feira (19) e prestou depoimento no dia seguinte; ele negou participação nos crimes.

 

O ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa, foi ouvido na tarde da última quarta-feira (20), pela equipe de delegados que investiga os caso de agiotagem no Maranhão e após mais de cinco horas de interrogatório negou qualquer participação nos crimes.

 

Leia também:

Suspeitos de agiotagem têm prisões prorrogadas no Maranhão;

Ex- prefeito suspeito de agiotagem se apresenta à polícia;

Operação ‘El Berite’ deve ser concluída hoje;

 

O interrogatório iniciou, segundo  o presidente da comissão de delegados da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Roberto Fortes , às 15h e encerrou por volta das 20 horas. Agora, o prefeito será confrontado com outros envolvidos nos crimes de agiotagem para ver quem está falando a verdade.

 

A acareação está marcada para esta quinta-feira 21. Raimundo é suspeito de praticar, dentre outros, os crimes de peculato, formação de quadrilhas e desvio de verbas e recursos públicos. As investigações seguem com os interrogatórios de suspeitos e as acareações. Mais quatro pessoas ligadas à prefeitura de Bacabal tiveram a prisão decretada: Manoel Moura Macedo, Francisco de Jesus Silva Soares, Maria do Carmo Xavier, Ezequiel Farias e Aldo Araújo Brito (ex-presidente da comissão de licitação do município).

– Publicidade –

Outros destaques