terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Prefeito Edivaldo vistoria conclusão de obras na cidade

O prefeito Edivaldo acompanhou, neste sábado (20), a finalização dos serviços na Avenida Colares Moreira e as obras de alteração geométrica do retorno do Bacanga. As alterações no trânsito dos dois locais viabilizarão uma dinâmica de tráfego mais organizada nas avenidas, gerando redução dos pontos de congestionamento nas vias. As obras compõem o conjunto de medidas do Plano Estratégico de Melhorias para o Trânsito.

“São melhorias que estamos realizando em vários pontos da cidade cujo objetivo é dar mais fluidez ao transito. Essas intervenções também acontecem em outros trechos de grande congestionamento da cidade. Alem desses, outros pontos já estão em estudo”, disse Edivaldo.

Os retornos de laço de quadra na Avenida Colares Moreira foram construídos próximo ao Atlanta Center e às imediações da loja da TAM Viagens. No projeto consta também a instalação de conjunto semafórico e nova sinalização horizontal e vertical. Para que todas essas ações sejam possíveis, a Prefeitura está modificando o canteiro central da via, onde os trabalhos foram realizados durante este fim de semana.

Com a conclusão do serviço, o motorista que vier no sentido Renascença/Centro, e quiser voltar ao bairro, deverá fazer o retorno de quadra entrando na Rua dos Timbós, passando pela Rua das Juçaras e depois Rua das Sucupiras, onde poderá fazer o cruzamento nas proximidades da loja TAM Viagens.

Já o motorista que vem no sentido Centro/Renascença que deseja retornar para o Centro, deve entrar na Rua das Sucupiras, próxima a Escola Superior da Magistratura do Estado do Maranhão (Esmam), e seguir pela Rua dos Ipês até a Rua dos Timbós para fazer o cruzamento na altura da Mark Pedras.

Junto da sua equipe, o prefeito vistoriou a intervenção do retorno do Bacanga, na confluência das avenidas Vitorino Freire, Africanos e Portugueses. Enquanto averiguava os trabalhos, o prefeito Edivaldo teve uma recepção positiva dos motoristas com acenos em sinal de aprovação e cumprimentos calorosos. Foram fechadas duas alças da via para melhor fluidez do trânsito, uma no sentido Bacanga/Fonte do Bispo e a outra no sentido Areinha/Africanos.

A fase de terraplanagem da via está sendo finalizada e já foi iniciada a imprimação da pista de rolamento. Os serviços consistem também na colocação de meio-fio, além da separação e pintura das novas faixas. O secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, explicou que com a intervenção o retorno do Bacanga terá capacidade para receber um número maior de veículos. “As pistas principais, Vitorino Freire e Africanos, ganharão mais uma pista de rolamento, aumentando para quatro o número de pistas”, informou Canindé.

Ao fim das obras, que têm previsão de conclusão de 45 dias, o sentido do trânsito funcionará do seguinte modo: para realizar o retorno em direção ao Bacanga, os condutores que saírem da Africanos entrarão à direita e realizarão a manobra mais à frente à esquerda, livre de semáforos. Para o retorno, serão disponibilizadas duas vias que se unirão com outras duas da Avenida Senador Vitorino Freire. Dessa forma, os condutores terão quatro vias para transitarem livremente em direção ao Bacanga.

Os condutores que saírem da Avenida dos Portugueses realizarão o mesmo procedimento para fazer o retorno. Os motoristas contarão com quatro vias, duas para os que seguirão em direção à Africanos e outras duas para quem desejar ir para a Senador Vitorino Freire e realizar o retorno ou seguir em frente.

Estiveram presentes durante a vistoria realizada pelo prefeito os vereadores Francisco Chaguinhas (PSB) e Batista Matos (PPS); os secretários municipais Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos), Canindé Barros (Trânsito e Transportes) e Robson Paz (Comunicação).

 

AFRICANOS

A Prefeitura de São Luís também realiza intervenções em outros trechos importantes para melhor fluidez do trânsito como na Avenida dos Africanos nas imediações do Parque Timbira. Os retornos foram fechados para a abertura de uma nova passagem, que interliga uma transversal que sai do Coroado, trazendo o fluxo dos veículos para retornos de quadra. Além disso, foi realizada a sinalização completa da área com a instalação de semáforos para garantir maior segurança aos pedestres.

Com a alteração, os motoristas que trafegam no sentido Outeiro da Cruz/Bacanga e precisarem fazer o retorno deverão entrar na Rua dos Gatões. Eles deverão fazer conversão à esquerda para chegarem à Rua do Arroz e então passarem pelo cruzamento.

Já para quem trafega no sentido Parque Timbira/Avenida Africanos e está seguindo para o Coroado, o acesso será feito saindo da Avenida Venâncio de Queiroga e seguindo direto pela Rua da Minerva. Se no lugar do Coroado, o condutor estiver indo para o Centro, bastará sair da Avenida Venâncio Queiroga e virar à esquerda no cruzamento com a Avenida dos Africanos.

A opção pelos retornos de quadra reduz a concentração de veículos formando filas duplas nas avenidas e viabiliza o fluxo natural da via. O condutor que descer a Avenida Vicente de Queiroga, entrada do Parque Timbira, também terá acesso direto a Africanos, sentido Centro, por um retorno que será aberto em frente à via.

 

PONTE DO BAIXÃO

Durante este sábado, o prefeito Edivaldo também acompanhou as obras da Ponte do Baixão, no bairro do São Cristovão. A previsão é que dentro de 15 dias as obras estejam totalmente concluídas. A construção da ponte integra o conjunto de intervenções realizadas pela Prefeitura de São Luís após as inundações no primeiro semestre deste ano que atingiram vários pontos da cidade.

“Era um acesso precário de madeira que a chuva levou e agora uma ponte de concreto armado é construída. A comunidade não passará mais pelo sofrimento de antes, que se arrastava ao longo dos anos”, afirmou Edivaldo, que vistoriou os serviços ao lado de moradores da região.

A ponte tem 2 metros de altura em relação ao nível da água no período de estiagem e conta com 6 metros de vão livre e 12 metros de largura. Ela substituirá a antiga estrutura improvisada pelos moradores que foi danificada no período das fortes chuvas. O Baixão foi uma das 31 áreas afetadas pelas inundações que ocorreram em São Luís no primeiro semestre, permanecendo praticamente isolada desde então.

O morador Flauberth Pinheiro relatou que o acesso se dava apenas por uma tábua de madeira, o que oferecia riscos à comunidade. “Assim que a ponte estiver pronta, vai gerar um beneficio muito grande para a população, pois poderemos nos deslocar com mais segurança”, disse. Já a dona de casa Veralucia Moreno destacou a qualidade do serviço executado. “A sustentação está muito bem feita, vemos que é um trabalho de qualidade”, disse.

Desde o início das obras o prefeito tem acompanhado o andamento dos trabalhos, sendo esta a terceira visita ao local. A construção da ponte foi iniciada no mês de julho, com orçamento no valor de R$ 317 mil. Segundo o secretario de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antônio Araújo, a nova ponte será toda de concreto armado visando garantir aos moradores segurança, uma vez que a construção considerou a elevação das águas do córrego em períodos de chuva.

“A fundação foi concluída, na fase atual da obra estão sendo construídas três vigas para a colocação do tabuleiro e depois o concreto”, detalhou o secretário da Semosp, ao acrescentar que todo o entorno da ponte será urbanizado através da implantação de bloquetes e será feita a limpeza do canal que passa pelo Rio Paciência.

Durante as visitas deste sábado, o prefeito citou uma série de outras ações que estão sendo realizadas pela Prefeitura para a melhoria da qualidade de vida da população, entre as quais a reforma de unidades de saúde, reformas e ampliações do Socorrão I e II, do Hospital da Criança, intervenções no Hospital da Mulher e obras de infraestrutura, a exemplo da construção de uma rede de drenagem profunda na Rua Brasília, no bairro Santa Bárbara, e serviços de requalificação asfáltica em diversos bairros.

 

– Publicidade –

Outros destaques