G10 Editora

Prefeitura capacita facilitadores para fóruns da Plataforma Centros Urbanos

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas), promoveu nesta semana mais uma capacitação para facilitadores das oficinas que serão ministradas nos fóruns da Plataforma Centros Urbanos (PCU). Através das oficinas serão discutidas as problemáticas sociais e estratégias para melhoria dos indicadores sociais em cada território. O primeiro fórum será realizado neste sábado (20) no território Mauro Fecury.

“Os fóruns se apresentam como canal de discussão direto com a comunidade, o que é muito importante ao permitir que os indicadores mais fragilizados fiquem em evidência e a forma de mudar esta realidade seja discutida e pensada em conjunto com a comunidade”, afirmou a secretária da Semcas, Andréia Lauande. Ela ressaltou que a adesão de São Luís à PCU demonstra o empenho do prefeito Edivaldo em garantir o bem-estar da população.

Entre os participantes da capacitação desta semana estão jovens e adolescentes da Coordenação Municipal da Juventude que atuarão na mobilização de crianças e adolescentes para integrarem o debate das problemáticas sociais levantadas nos fóruns, além de realizarem o acompanhamento dos Planos de Ação, que visam amenizar ou reverter os indicadores sociais que serão trabalhados durante o evento.

Joanderson Almeida, representante da Coordenação Municipal da Juventude, acredita que o fórum é uma alternativa para discutir projetos que impactem em melhorias na saúde, educação e lazer. “É a comunidade que presencia e vive sua realidade diariamente, portanto, a opinião dela sobre seus problemas e como resolvê-los deve ser levada em consideração, para que as propostas apresentadas sejam executáveis”, disse.

Em cada território, cerca de 30 crianças e adolescentes estão sendo capacitados pela ONG Formação para compreenderem o que é a Plataforma Centos Urbanos e serem protagonistas da mudança social ao integrar a comissão do território. Essa comissão atuará na elaboração de um Plano de Ação junto à Prefeitura, Unicef e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), além de monitorar as melhorias dos indicadores do território correspondente.

Até dezembro deste ano, serão realizados fóruns nos territórios Mauro Fecury, Tibiri, Tirirical, Vila Embratel, Cidade Olímpica, Coroadinho, Maracanã, Bairro de Fátima e São Raimundo. Todos são abertos à participação da comunidade e serão realizados com base na mesma metodologia, que inclui a realização de plenárias, formação de grupos para apresentação e discussão das problemáticas sociais e também de estratégias para melhoria dos indicadores sociais.

– Publicidade –

Outros destaques