sábado, 24 de setembro de 2022

Procurador Geral do Estado pede afastamento do comando da PGE

O procurador do Estado, Rodrigo Maia, que esteve à frente da PGE desde 2015, se afastou ontem de suas atividades a frente da PGE para se dedicar, como advogado, à campanha eleitoral 2022. Em uma breve mensagem, Maia falou sobre sua decisão.

Rodrigo Maia afirma que “… como sempre advoguei no período eleitoral para nosso grupo político, que hoje tem na candidatura da reeleição do governador Carlos Brandão a sua mais importante disputa, me afastei da Procuradoria Geral do Estado para me dedicar integralmente à campanha político-eleitoral, no aspecto jurídico das eleições; assim como fiz em 2018.

“Esse afastamento se deu em acordo com o governador, e a PGE continua com a mesma gestão, administrada, agora, pelo procurador Valdenio Caminha, um colega que goza de minha confiança, da confiança do governador, e que terá todas as condições para conduzir de forma eficiente a gestão da procuradoria nesse período” acrescenta Maia.

– Publicidade –

Outros destaques