domingo, 23 de junho de 2024

Professores da UEMA e UEMASUL Anunciam Greve por Tempo Indeterminado em Busca de Valorização e Condições Dignas de Trabalho

Foto: Reprodução

Professores das Universidades Estaduais do Maranhão, UEMA e UEMASUL, anunciaram uma greve por tempo indeterminado devido a questões de valorização, condições salariais e falta de nomeações de professores concursados. A greve é ​​convocada pelo SINDUEMA SSind do ANDES-SN, representante legítimo da categoria. As perdas salariais dos professores atingiram 50,28% entre julho de 2012 e fevereiro de 2023. Além disso, a falta de concursos públicos para relatório do quadro de professores efetivos tem resultado em uma alta proporção de professores substituídos em contratos precários. Diante da ausência de respostas do governo estadual às conversas de diálogo, a greve se tornou a única opção para chamar a atenção para essas questões. O SINDUEMA SSind do ANDES-SN convoca todos os professores das UEMA e UEMASUL a se unirem ao movimento, estabelecendo comer locais de greve em todo o estado. A greve não é apenas uma luta pelos direitos dos professores, mas também pela qualidade do ensino superior e pelo futuro do estado do Maranhão.

Principais reinvindicações

A favor de:

  • Concurso Público
  • Nomeação dos professores aprovados
  • Melhoria na infraestrutura dos campi
  • Autonomia universitária

Contra

  • Cortes de recursos de 168 milhões
  • Atraso de salários dos substitutos
  • Ausência de diálogo por parte do governo do estado
  • Defasagem salarial de 50.28%
– Publicidade –

Outros destaques