domingo, 14 de abril de 2024

Projeto Social completa 10 anos mudando a realidade de crianças da Zona Rural de São Luís

O Instituto Social Leão de Judá, que foi fundado pelo advogado faixa preta em Jiu-jitsu, Marcelo Amorim e a também advogada Indira Melo, hoje conta com bastante força de vontade e a ajuda de patrocinadores locais para seguir transformando vidas de crianças e jovens no bairro do Maracanã, zona rural de São Luís. No último domingo (5), o projeto movido pelo sonho de mudar vidas, completou dez anos de existência.

A ideia inicial do instituto foi desenvolvida quando o professor tomou conhecimento do alto índice de marginalidade no bairro e a escassez de atividades educacionais ou esportivas no local. Mesmo morando no bairro Cohafuma, o professor Marcelo faz questão de se locomover até o Maracanã para dar continuidade ao projeto que conta com mais de 100 alunos e coleciona inúmeros troféus, divididos entre os locais, regionais, nacionais e até mundiais.

Em anos de projeto, são incontáveis historias mudadas através do esporte que traz diversos benefícios tanto para o corpo quanto para a mente.

Por tratar de um projeto social que tem um polo físico e uma demanda muito grande de alunos, ainda surgem dificuldades financeiras que são distribuídas na valorização do espaço, materiais de treino, contas de energia, e muito mais. A escola de Jiu-jitsu ainda disponibiliza dados bancários para mais doações.

EDUCAÇÃO

O projeto se apresenta para crianças e adolescentes como um local seguro e educacional, contendo um espaço que disponibiliza os mais variados livros no intuito de promover o acesso à literatura e incentivar os estudos.


Caso queira contribuir com o projeto

Instituto Social Leão de Judá
Chave Pix
CNPJ – 28.093.492.0001/26 

– Publicidade –

Outros destaques